AMIGOS PARA A VIDA

Andrew Norriss

Editora: Valentina

Páginas: 208

Ano: 2018

Sinopse:

Francis não tem amigos. Ele sofre bullying porque é diferente. Em casa, vive trancado no sótão, onde tem uma fabulosa coleção de bonecas vestidas com roupas que ele mesmo cria. Adora moda e pediu de aniversário uma máquina de costura. Um certo dia na escola, na hora do intervalo, Francis vai se sentar num banco, no lado mais afastado do pátio, porque prefere a solidão a ser zoado. Mas nesse dia, sentindo-se triste, ele vê alguém atravessar o gramado na sua direção. É uma menina de mais ou menos a sua idade, embora não a reconheça como aluna da escola. Ela se senta na outra ponta do banco, em silêncio. Francis fica curioso. E então lhe estende a sua caneca de chá. A menina olha para ele, surpresa e chocada. Afinal, ela é um fantasma, chama-se Jessica, e Francis é a primeira pessoa que consegue vê-la desde que ela morreu. Entre os dois surgirá uma amizade extraordinária e transformadora. Amigos Para a Vida é uma delicada história de amizade – e seu poder transformador – entre quatro adolescentes fora dos padrões dominantes, celebra o direito de ser diferente e é leitura obrigatória para todos que combatem o bullying. Um livro divertido, corajoso e genuinamente emocionante.

“Havia algo na garota caminhando ao seu lado que tornava impossível ter medo dela. Tudo nela – exceto o fato de estar morta – era normal demais para dar medo.”

(Página 16)

O que torna você diferente das outras pessoas? Já parou pra pensar nisso?

Existem diferenças bem óbvias, como as de natureza física, por exemplo. E existem aquelas não tão óbvias assim, mas que “fogem do padrão” ditado por uma sociedade onde a intolerância parece não conhecer limites.

As nossas diferenças nos tornam únicos, e não deveriam ser motivo para tantas formas de violência e abuso, como vemos por aí.

O Artigo 1 da Declaração Universal dos Direitos do Homem diz: “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos”.

Seria maravilhoso se funcionasse exatamente assim na prática.

“– É curioso, não? Como a gentileza das pessoas não ajuda quando você se sente desse jeito. Você sabe que elas querem ajudar, sabe que estão tentando ajudar, mas é como se estivessem em outro mundo. Não têm a menor ideia de como você está se sentindo. Ou o que podem fazer em relação a isso.”

(Página 117)

Amigos Para a Vida é um livro que celebra as diferenças que tornam cada um de nós seres especiais em nossas particularidades. Uma obra que deveria ser aplicada em diversos espaços educacionais, pois, acredito, muitos jovens se beneficiariam com ela.

Andrew Norriss criou uma história belíssima que trata de temas sérios através de personagens que encantam, emocionam e deixam na gente aquela vontade de sair distribuindo exemplares para que mais pessoas conheçam a mensagem importante que traz.

“– E é isso que pega você no final, não é mesmo? O fato de ser diferente. Você deseja, de todas as formas, ser como todos os outros, mas sabe que isso nunca vai acontecer. Você sempre vai ser diferente.”

(Páginas 118/119)

Francis e Jéssica são as figuras centrais da trama. Francis é um garoto como qualquer outro da sua idade, extremamente inteligente e com uma paixão considerada nada comum. Passa a maior parte do tempo no sótão de casa, criando e costurando roupas. Jéssica é adolescente como o Francis, exceto pelo fato de ser um fantasma. As circunstâncias sobre sua morte são um mistério e eles não entendem o motivo de somente ele conseguir enxergá-la.

O contato entre os dois foi muito significativo na vida do garoto, que se isolava dos outros alunos da escola por sofrer bullying. O fato de Jéssica achar extraordinário o que o Francis faz nas horas vagas, com seus modelitos e bonecas, bem como a amizade cada vez mais crescente entre eles, o tirou do que chamam Fundo do Poço. Mas essa é somente a ponta da história.

A amizade entre essas duas figuras, ao longo da narrativa, vai transformando outras vidas. Personagens como Andi e Roland, que possuem realidades diferentes e o sentimento comum de tristeza profunda e revolta, causadas por situações distintas.

“Tantas mudanças, e todas elas aconteceram, quando se olhava para trás, de maneira tão rápida. Aquilo era algo sobre a velocidade com que a vida podia mudar. Como ela podia parecer completamente impossível num momento, e cheia de esperança e de possibilidades em outro.”

(Página 200)

Respeito às diferenças. Solidariedade. Coisas que parecem tão simples, mas difíceis de praticar na sociedade na qual vivemos, não é mesmo? O resultado disso? A cada dia mais jovens visitam o lugar no qual as personagens do livro um dia estiveram.

Isolar-se do convívio com as pessoas, independente do motivo que o levou a isso, é um passo perigoso. E muitas vezes, basta um olhar diferente, uma palavra positiva e tudo pode mudar de maneiras inimagináveis.

Esse é um livro que considero importante não só para jovens, mas, também, para pais e educadores. Muitas situações de risco envolvendo crianças e adolescentes certamente poderiam ser evitadas se tivéssemos um olhar mais atento.

A narrativa é bem leve, a linguagem é acessível a todas as idades e a maneira como o autor conduz a história torna a leitura uma delícia de fazer, apesar dos temas sérios que traz.

Uma boa e verdadeira amizade pode transformar a vida de alguém, até mesmo salvá-la! E é exatamente isso que Amigos Para a Vida nos mostra. Indico essa obra com todo meu coração.

“Tudo começou no dia em que Jéssica se juntou a ele no banco. (…) Foi ela quem lhe ensinou quanta diversão há na vida, como era cheia de oportunidades, quantas ocasiões havia para curtir…”

(Página 200)

4 Comentários

  1. Marina Mafra25 mar, 2019Responder
    • Le26 mar, 2019Responder
  2. 26 mar, 2019Responder
    • Le26 mar, 2019Responder

deixe seu comentário