Antes de tudo acabar

Mary C. Müller

Editora: Planeta

Páginas: 256

Ano: 2017

Sinopse:

Rafael nunca foi de se encaixar em padrões. Deslocado e sem muita perspectiva de vida, ele cuida da mãe alcoólatra enquanto precisa lidar com a paixão platônica pela melhor amiga, Anne, e com os percalços causados por um pai ausente. Acostumado desde sempre a fazer tudo com Anne, ele agora tem de aceitar que ela arrumou um namorado... e justo uma das últimas pessoas que ele gostaria de ver com a amiga. Como se não bastasse, ele também precisa se entender com o pai, que resolveu voltar a procurá-lo com uma surpresa: a filha que teve com a amante. E, em meio a esse turbilhão de acontecimentos, chega Kaori, a nova aluna da turma. Com ela, as coisas começam a mudar na vida de Rafael, e o que era só amizade pode acabar se tornando algo mais. Antes de tudo acabar é a história de um garoto que precisa se encontrar e compreender um mundo que se move mais rápido do que ele consegue acompanhar. Um mundo onde amizades são construídas e desfeitas, amores morrem e nascem e caminhos sofrem desvios inesperados.

Naquela época, todas as direções pareciam erradas. (Página 124)

Rafael tem dezessete anos e sua vida é uma completa bagunça. As coisas nem sempre foram fáceis, mas elas certamente pioraram no ano que seu pai decidiu abandona-lo com sua mãe, para construir uma nova vida. Isso acabou com a sua estrutura familiar, transformando sua mãe em uma alcoólatra, sem vida e apática.

Se isso tudo já não fosse suficiente, ele ainda precisa lidar com o bullying dos garotos da escola, o que acontece por motivos variados.

Nessa hora percebi que, assim como os outros, eu não passava de mais um personagem daquele baile de máscaras. Eu não mentia para  os outros. Eu mentia para mim mesmo, o que era pior. (Página 95)

Rafa, apesar de tudo, não é um garoto amargo. Pelo contrário, tenta levar a sua vida da melhor forma possível, e para tornar as coisas mais leves ele sabe que pode contar com Anne, sua melhor amiga desde a infância. Também tem o Rafael mais conhecido por Ferreira.

Mas quando chegou o dia, lá estava eu, com minha roupa mais legal e o cabelo menos ridículo possível, tudo para tentar impressionar um imbecil por quem minha amiga estava apaixonada. História da minha vida. (Página 27)

As coisas começam a mudar quando Anne surge com um namorado, Michael. Ele é mais velho do que ela e não aparenta gostar nem um pouco da amizade dos dois. Isso faz Rafael perceber que talvez não gostasse dela apenas como uma grande amiga. Pra completar a salada mista, a nova aluna chamada Kaori resolve bagunçar ainda mais a cabeça do garoto.

E nessa bagunça toda de sentimentos e exaustão mental, ele encontra na automutilação uma forma de aliviar suas dores e medos.

Bastava você se levantar e acender a luz que o medo do escuro passasse. (Página 182)

Preciso dizer que quando a mãe do Rafa chega ao fundo do poço, deixando ele desesperado sem saber o que será de sua vida, senti vontade de pegá-lo no colo e esperar o pior passar.

Teve muitos momentos difíceis com os quais me identifiquei quando tinha a mesma idade, outros que graças a Deus tive a sorte de nunca ter vivido, mas que infelizmente sei que é a realidade de muitos adolescentes.

Além do alcoolismo, problemas familiares e confusões amorosas, o livro também fala sobre relacionamento abusivo, homossexualidade e automutilação, de uma forma sutil, mas sem perder a seriedade.

Apesar de ser uma história com um apelo emocional mais forte, é uma leitura que se desenvolve com facilidade. Consegui finalizá-la em uma tarde.

Os personagens foram bem construídos, consegui acreditar na verdade de cada um deles.

Não é a toa que a editora Planeta viu o potencial da Mary, e resolveu publicar a sua obra, afinal foram mais de dois milhões de leituras pela wattpad.

A edição está impecável como é de esperar da Planeta, eles sempre arrasam.

A capa é linda e captou perfeitamente a essência da história. As folhas são amareladas. De brinde ainda tem um marcador para recortar na contra capa.

Resumindo, só posso dizer que amei conhecer o Rafa, e que no final fiquei de coração quentinho ♥.

14 Comentários

  1. Marina Mafra20 jan, 2018Responder
    • Camila Carvalho22 jan, 2018Responder
  2. Rubyane20 jan, 2018Responder
    • Camila Carvalho22 jan, 2018Responder
    • Camila Carvalho22 jan, 2018Responder
  3. Joici Souza24 jan, 2018Responder
  4. Ane Carol24 jan, 2018Responder
  5. Giovanna dlb24 jan, 2018Responder
  6. Thauana24 jan, 2018Responder
  7. Camila Tuan24 jan, 2018Responder
  8. Le25 jan, 2018Responder

deixe seu comentário