Como se vingar de um cretino

Suzanne Enoch

Editora: Harlequin

Páginas: 288

Ano: 2018

Sinopse:

Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?

Resenha:

A vingança é um prato que se come frio, correto? Esse é um ditado popular que sempre é utilizado em diversos momentos. Significa que com paciência, todas as coisas acontecem ao seu devido tempo, inclusive a vingança. rs Para Lady Georgiana não foi diferente, após 6 anos, sua sede de vingança contra Tristan Carroway, o visconde de Dare, só aumentou.

Georgie não agüenta mais ver Tristan partir o coração de inocentes jovens damas da sociedade. Ela o detesta, e sempre que são vistos no mesmo local, saem de lá brigando como dois loucos. Aos seus olhos Tristan é um cretino da pior espécie, visto que ela caiu em seu terrível jogo de sedução há 6 anos.

“Caso contrario, talvez eles estivessem casados hoje. É claro que ela também o teria envenenado há muito tempo, então essa questão era contestável.” (Página 76)

Por causa de uma aposta, Tristan cortejou Georgie deixando-a acreditar que suas intenções eram sérias, porém quase arruinou o futuro da jovem perante a sociedade. Naquela época em Londres qualquer coisa, desde o mínimo deslize, já era um escândalo enorme.

Lady Georgiana decide então se vingar do homem que a enganou e machucou seu coração, com uma simples lição ela pretende fazer Tristan se apaixonar por ela, e depois o largar. Talvez dessa forma ele aprenda o que é ser um homem honrado e respeitar as jovens damas.

“- Então prove, Dare.
Tristan deu um sorriso sinistro. Adorava um desafio, e quanto mais altas as apostas, melhor.
– Eu provarei. – Antes que Georgiana pudesse ir embora, Tristan pegou sua mão uma última vez, dando um beijo em seus dedos. – Acredite, eu provarei.” (Página 144)

Toda história possui dois lados meus caros, e Tristan não é a pessoa que Georgie pensa ser. Com a família entrando em um lastimável estado de falência, a única solução dele era se casar com uma herdeira. E a doce Amélia Johns está mais do que interessada no título de viscondessa de Dare.

Para Tristan não está sendo fácil conquistar uma esposa que o agrade apesar de tudo, principalmente com Georgie bagunçando seus planos e seu coração. Afinal, se ela o odeia tanto pelos acontecimentos de anos atrás, que fagulha é essa que existe entre os dois?

“- Isso não significa nada.
Tristan sorriu.
– Tudo significa alguma coisa.” (Página 164)

Bom meus caros, eu já havia me apaixonado pela escrita da Suzanne Enoch em Lady Whistledown contra-ataca, mas em Como se vingar de um cretino, ela me mostrou que é ainda mais talentosa. Suzanne criou uma história engraçada, envolvente, e com um toque de romantismo tão sutil, que fugiu muito da realidade forçada que alguns autores escrevem.

Georgie e Tristan são pessoas diferentes, mas com personalidades semelhantes. Somente pelos olhos ele descobre quando ela está mentindo ou escondendo algo. Percebam a sintonia desse casal. haha Confesso que gostaria bastante que os personagens secundários tivessem tido mais participação na história, principalmente os quatro irmãos de Tristan e as duas amigas loucas de Georgie.

“Os olhos dela brilharam, e a secura repentina na garganta de Tristan o fez engolir em seco. Ninguém além de Georgiana conseguia fazê-lo se sentir como um menininho ingênuo.” (Página 235)

Esse livro me arrancou inúmeras gargalhadas do inicio ao fim, e apesar do tom cômico, é uma história linda sobre o poder que um ser humano tem de mudar para o melhor e confiar no próximo. Para as pessoas que vieram conversar comigo curiosas sobre o livro: eu super recomendo de olhos fechados.

6 Comentários

  1. Marina Mafra24 abr, 2018Responder
  2. Le25 abr, 2018Responder
  3. Camila Carvalho25 abr, 2018Responder

deixe seu comentário