Contos de Fadas Nórdicos

Editora: Wish

Páginas: 320

Ano: 2019

Sinopse:

Em montanhas gélidas e fiórdes agitados, contadores de histórias dos países nórdicos fantasiavam com aventuras, trolls, gigantes e anéis encantados. A curadoria especial de 25 contos selecionados resgata uma das versões de Cinderela e Aladdin, além de diversos enredos originais e tradicionais que eram contados de pais para filhos em países como Suécia, Dinamarca, Islândia, Finlândia e Noruega. Mais de 40 ilustrações extraídas diretamente dos livros antigos embelezam as páginas desta edição de colecionador, destinada a saciar a curiosidade de jovens e adultos. Neste volume, é possível conhecer o doce e maduro conto da princesa Tuvstarr, o local lendário que se tornou a última morada de gigantes, o tradicional folclore das crianças trocadas por trolls e diversas histórias clássicas com príncipes transformados em ursos-polares e viajantes corajosos que enfrentam as mais diversas criaturas.

A leitura dos Contos Nórdicos foi diferente para mim, pois todas as histórias foram inéditas, mesmo as que se pareciam com outras conhecidas, possuíam particularidades que as tornaram diferentes.

O povo nórdico é aventureiro, do tipo que viaja pelos mares explorando outros povos e culturas, por isso as suas histórias sempre contém aventuras de viajantes, curiosos. Cheias de Reinos Encantados, com príncipes e princesas, mas também com Trolls com uma ou muitas cabeças. Me deparei com personagens corajosos, heróis que não mediram esforços para conquistar seus objetivos.

São 25 Contos encantadores, mas no meu coração, A Flor da Islândia se destacou, ao contar a história de Helga, uma moça que sonhava viajar para fora do seu Reino, até que ela desperta o interesse do Rei das Fadas, que a leva para o Reino dele e com quem vive um dos romances mais lindos que já li.

“…Vou lhe dedicar um amor tão fiel quanto o que você procuraria em vão entre a sua raça degenerada. Você jamais se arrependerá de ter cumprido o desejo do coração do pobre rei das fadas.”

Divisão de contos:

A Leste do Sol e Oeste da Lua
Per Gynt (originou música homônima)
Por que o oceano é salgado
A noiva da Floresta
Katie Woodencloak (versão nórdica de Cinderella)
A Troca
O Rei Dragão
O Castelo de Soria Moria
A giganta e o barco de granito
O gato no Dovrefjell
Poderoso Mikko
Rei Valemon, o Urso Branco

A flor da Islândia
Linda-Gold e o velho Rei
Lasse, meu vassalo! (Semelhante a Aladdin)
O anel
A noiva brilhante
O homem de neve
Princesa Tuvstarr
Heiemo e o espírito da água
Lillekort
O monte élfico
O Vizinho Subterrâneo
Tempestade mágica
A última morada dos gigantes

Achei que seriam histórias fortes, sangrentas, mas só o que encontrei foram enredos educativos, do tipo que teria prazer em ler para crianças. Também amei o volume de Contos de Fadas em suas versões originais, mas os Nórdicos se tornaram os meus favoritos. Agradeço muito a @editorawish por me proporcionar esse presente de leitura.

Li em trio, com as minhas corujinhas @oreinodaspaginas e @retipatia. Passa lá para saber o que elas acharam desse lindo.

Acompanhem o trabalho da editora: www.editorawish.com.br

Em breve trarei mais resenhas deles pra vocês.

E foram felizes como deveriam ter sido, porque eram bons e verdadeiros um com o outro e se amavam com muito carinho.

deixe seu comentário