Elemental

Bianca Hubert

Páginas: 336

Ano: 2017

Sinopse:

Em Helementtarë, Reino dos semielfos, quando o Rei ou a Rainha decide deixar seu posto, eles invocam seus criadores – a Mãe Natureza e o Elemento Maior – para ajudarem na Seleção que elegerá o próximo monarca. Então, a Natureza escolhe dez semielfos e dez semielfas, que possuem um dos quatro Dons Elementais principais (Água, Fogo, Terra e Ar), presenteando-os com uma moeda dourada para indicar que foram selecionados. Arwen encontrou essa moeda e nunca se sentiu tão perdida. A jovem semielfa órfã sempre achou que seu dom fosse Rocha, até que a Natureza a destinou àquele objeto dourado, convocando-a para a Seleção – o evento mais importante do Reino. Agora, além de precisar descobrir qual é o seu verdadeiro Dom Elemental, também terá de desvendar como encarar provas que nunca imaginou enfrentar, e quem sabe assim finalmente descobrir suas origens.

…quando uma coisa acontece com você, e isso nunca aconteceu com ninguém próximo ou desde que você está viva, você acaba não sabendo o que esperar. Logo, o primeiro sentimento que me vem é medo. Acho que não sou muito corajosa.

Tudo que Arwen sabia sobre o seu passado era que fora abandonada na porta de um orfanato com apenas dias de vida. Desde então, sua família passou a ser as demais crianças e a responsável pelo orfanato, Alcarin.

Como uma semielfa com 19 anos, ela já deveria saber qual era o seu Dom Elemental, que basicamente seria o elemento da natureza que ela tinha afinidade. Diferente dos demais, ela não fazia ideia de qual era o seu dom e muito menos como descobrir.

A Natureza é sábia no que faz e te ajudará a sentir qual Dom Elemental é o verdadeiro.

Com uma personalidade forte, decidida e madura, Arwen ajudava a cuidar das demais crianças do orfanato e conseguia tudo o que queria prometendo bolos de chocolate. Ansiosa e muito falante, era fácil saber onde encontrá-la em momentos de estresse, bastava procurar na cozinha e lá estaria ela saciando o seu nervosismo com alguma guloseima.

Paciência é, de fato, uma virtude. E eu não me considero uma semielfa cheia dela.

Após ter um sonho todo enigmático, Arwen viu a sua vida tranquila se tornando bem badalada.

A partir de agora, você será sempre importante, vencendo a Seleção ou não. Os semielfos te pedirão conselhos, desejarão ouvir todas as suas histórias e ficarão encantadas pelo privilégio de poder te ajudar. Você não será mais a mesma, Arwen.

Ela encontrou uma moeda no jardim do orfanato, que é a forma que a Mãe Natureza e o Elemento Maior convidavam os candidatos para participarem da seleção de Rei e Rainha do reino. Mas as pessoas escolhidas costumavam ser mais importantes do que ela e que pelo menos sabiam qual era o seu Dom Elemental. Se os grandes criadores do reino não haviam se enganado incluindo ela nessa seleção, o passado de Arwen parecia ser bem mais misterioso do que ela imaginava.

Enquanto ela buscava respostas, tentava se encaixar entre os candidatos e se preparar para as tarefas, começou a ocorrer rumores de uma nova guerra. Ninguém estava seguro, já que a qualquer momento eles poderiam ser atacados.

Podia a ficção ter se tornado realidade? Como?

Nada parecia dentro do padrão nessa seleção. E Arwen estava prestes a descobrir que ela não estava ali por engano. O destino do reino acabaria em suas mãos.

…quando temos os espíritos da natureza nos guiando tão de perto, é meio difícil acreditar na casualidade…

Eu sou amante de fantasia, acho que de realidade já basta a vida. Amo os livros que me fazem sonhar e que ironia saber que toda essa história nasceu de um sonho da autora Bianca Hubert. Graças ao Elemento Maior ela acordou e lembrou de registrar alguns detalhes, para desenvolver essa aventura encantadora mais tarde.

A autora me procurou em um momento que eu estava abarrotada de parcerias e leituras. Salvei o livro no skoob, pois me apaixonei pela história e assim que consegui um tempinho, corri implorando pra ela me aceitar. Imagina a alegria quando recebi o livro? Ele está absurdamente lindo. E o mais legal é que tudo nele foi feito pela autora e amigos dela.

Nunca lamentei tanto por um trabalho não ter reconhecimento, editora. É uma história divertida, que te envolve por ser misteriosa. Uma leitura tão prazerosa que é impossível largar. Fora essa capa né gente? Até sufoca de tão linda.

Se eu recomendo? Com toda certeza.

Se tem algum ponto negativo? Até tinha. O fato de não ter continuação, pois foi dolorido demais me despedir dos personagens. Mas já soube que a continuação está em construção e pulei de alegria. Ai minha Natureza, que seja breve esse lançamento!

Para se sentir dentro da história, a autora criou um teste para descobrirmos qual o nosso Dom Elemental. Eu me diverti muito fazendo e descobri que o meu Dom é Terra! Clique aqui para fazer o teste e não deixe de me contar qual é o seu!

Fiz essa leitura em dupla com a minha xuxu Re, do blog Retipatia. Somos apaixonadas por fantasias. Quando iniciei a leitura e percebi o encanto que era, já pedi pra ela ler comigo. Leia a resenha dela aqui.

Já conheciam a obra ou a autora? O que acharam?

Beijos

01 Comentário

deixe seu comentário