Janelas da Mente

Ana Beatriz Barbosa Silva, Eduardo Mello Guimarães

Editora: Globo

Páginas: 192

Ano: 2017

Sinopse:

Em seu segundo mergulho na ficção, a psiquiatra e escritora Ana Beatriz Barbosa Silva brinda o leitor com doze contos a respeito dos comportamentos humanos disfuncionais. Este novo livro é fruto de uma parceria com o também escritor e publicitário Eduardo Mello Guimarães. Baseados em casos que Ana Beatriz dissecou ao longo de sua carreira, as histórias tratam de temas polêmicos sem meias-verdades e tabus como compulsão, ninfomania e depressão, porém sem perder a leveza e o bom humor, em um texto ágil e dinâmico. Em meio ao caos do universo urbano e através de uma narrativa inquietante, os autores constroem histórias repletas de drama, humor e emoção que irão fazer com que o leitor se pergunte: onde está o muro que separa a ficção da realidade?

Livro Janelas da Mente

Resenha:

Recebi um convite da Editora Globo Livros para participar de uma ação do livro Janelas da Mente, dos autores Ana Beatriz Barbosa Silva e Eduardo Mello Guimarães. O livro possui 12 contos curtinhos sobre transtornos da vida moderna, a ação seria postar sobre um conto por dia. Realizei pela página do Facebook do blog e pelo Instagram do blog e agora vou eternizar as postagem em uma resenha aqui no blog.

Mentes Apagadas
Páginas: 11 a 33

Livro Janelas da Mente

A vida é assim. Às vezes tudo muda no intervalo de um minuto.

A história traz o desespero de amigos e familiares de um senhor de idade que acabou de descobrir ser portador de Mal de Alzheimer. Narrado em terceira pessoa e em uma linguagem bastante informal, os autores me fizeram sofrer com o desespero das personagens ao saber que a doença levaria as memórias, os movimentos e por fim a vida do paciente. O bonito do conto, foi que o neto do paciente encontrou uma forma de eternizar as lembranças do avô. Quem não gostaria de ter um pouco de quem já se foi e que amávamos muito? Já amei esse primeiro contato com a obra.

Mentes Obsessivas
Páginas: 35 a 48

Livro Janelas da Mente

Ou você trai ou é traído.

Nesse conto, temos o drama de um homem, que não media esforços para manter sua obsessão por juntar caixas e embalagens de comidas. Parece engraçado e já nesse conto eu pude entender o que diz na sinopse: “onde está o muro que separa ficção da realidade?” Difícil de acreditar que alguém faria tudo o que ele fez, para manter um hábito que parece tão banal. A história ainda traz o desespero da família quando começa a notar que há algo errado e o impacto quando finalmente descobrem. Em mim a leitura despertou um alerta, como saber se há pessoas assim no meio dos meus conhecidos? É chocante perceber o quanto o “normal” se torna preocupante de um momento para o outro por não termos notado o que há tempos vinha acontecendo.

Mentes Disformes
Número de páginas: 49 a 61

Livro Janelas da Mente

Sou hospedeiro da maior ameaça à humanidade desde o ebola. Sou portador do vírus da obesidade mórbida.

Mais uma história que me fez rever as referências aos autores.rs É difícil de acreditar que eles encontraram algum paciente assim, mas nessa história temos um homem obeso desde sempre, que resolve emagrecer através de cirurgia. A cirurgia foi um sucesso, mas na mente dele, a obesidade não o deixou. Sua mente o confunde de tal forma que ele passa a delirar e ver a obesidade como o novo mal do mundo. Seria uma história cômica se ele não enlouquecesse a família junto. Eles podem ter levado a história aos extremos, mas deu aquele frio na barriga lembrar de conhecidos que insistem em se achar fora do peso. Quem nunca conheceu alguém assim?

Mentes que amam demais
Número de páginas: 65 a 77

Livro Janelas da Mente

Como eu posso amar alguém que está fazendo da minha vida um inferno? Só se eu fosse masoquista.

Já ouviram falar que tudo em excesso faz mal? Eu sou da opinião que até o amor, viu? Nessa história temos uma mulher que de tanto amar o namorado, sufoca ele ao ponto de enlouquecer o rapaz. Cansado das muitas surpresas exageradas, ligações a cada segundo, milhões de mensagens, ele tenta terminar o relacionamento. Já conseguem imaginar né? A moça não mediu esforços para mostrar que ele estava enganado e que deveriam ficar juntos. E quando eu digo “não mediu esforços”, quero dizer macabra pra caramba! Acredito que o final tenha sido o extremo dos extremos, mas no decorrer da história percebemos que nenhuma mente chega a esse ponto de uma hora para outra, portanto qualquer sinal de descontrole é pra ser levado em consideração e tratado por profissionais. Não é feio procurar ajuda, sabe? Errado é fechar os olhos, achando que fingindo que não está vendo, as coisas deixem de acontecer.
Esse foi porreta viu? Um dos mais fortes até agora.

Mentes Consumistas
Número de páginas: 79 a 98

Livro Janelas da Mente

Suzana olha para as bolsas de modelos diferentes da sua e sente uma forte palpitação. O estado de transe volta. Sua respiração fica mais forte. Dos seus olhos saem dois fachos de luz que realçam as bolsas tal qual aqueles holofotes que iluminam os artistas no Teatro Municipal. Todo o resto ao redor se torna escuro.

O conto é uma pouco maior e traz duas histórias. Uma mulher rica que pode gastar a vontade, porém o seu descontrole começa a afetar o seu casamento. E um homem que acabou com todas as suas economias e até com o que não tinha gastando sem controle e acabando com o seu casamento. Ainda aborda um pouco do sofrimento dos funcionários escravizados em empresas chinesas que fabricam para as grandes grifes.

Posso dizer que me afetou pra caramba esse conto, pois embora eu me considere controlada hoje, tenho uma forte tendência a esse mal chamado consumismo. Amo comprar brinquedos, livros e melissas. Não me orgulho disso e o esforço é imenso pra comprar de forma equilibrada.

Vou viver do dinheiro que eu ganho, você deveria fazer o mesmo.

Sem dúvidas essa seria a melhor opção né? Mas quem consegue?rs A história pegou pesado nas consequências do exagero no consumismo. Abriu muito a minha mente.

Mentes Depressivas
Páginas 99 a 110

Livro Janelas da Mente

Marcelo começa a chorar copiosamente. Um choro tão patético e desprovido de vergonha que só podia mesmo ser um pranto autêntico. Verdadeiro como um último e desesperado pedido de socorro.

O conto traz a história de um homem que é incapaz de ver a cor do mundo. Tudo para ele tem a cor cinza, fosco. No desespero de tentar entender o que está acontecendo, ele procura ajuda e médicos, mas sem respostas enlouquece, deixando a esposa sem saber o que fazer pra ajudar.

O assunto depressão tem me rodeado bastante. Muitos conhecidos dominados e outros que infelizmente tiraram a própria vida. É triste, intenso e polêmico. O conto nos coloca na mente de alguém que sem opções, escolhe o suicídio. Fiquei bastante mexida com a história, é horrível imaginar que pessoas sofrem de forma tão intensa, às vezes tão próximos de nós e não conseguimos ajudar. Escolhi o vira-tempo nessa foto pelo desejo de poder ter o poder de mudar o destino dessas pessoas de alguma forma! A impotência que senti, chegou a ser palpável nesse conto. Nem sei como finalizar esse parte! =(

Mentes Jogadoras
Páginas: 111 a 124

Livro Janelas da Mente

Os cassinos fazem só alguns poucos clientes milionários enquanto os seus donos invariavelmente não param de acumular bilhões.

O conto é sobre um casal viciado em jogos de cassinos. Tiveram a sorte de ganhar algumas vezes e se diziam sortudos em tudo. Alguns amigos tentavam avisar sobre a ilusão desses jogos, mas eles não deram ouvidos. O vício os levou pelo pior caminho e a possibilidade de perder tudo os enlouqueceu. O que era uma distração, um lazer, se tornou a ruína. É algo muito sério gente! Pequenas coisas que ganha uma proporção absurda.

Mentes Sexualizadas
Número de páginas: 125 a 145

Livro Janelas da Mente

…viver só tem sentido por causa do sexo.

A história fala de um casal que gostavam tanto de sexo que gastavam horrores com equipamentos caríssimos, frequentavam todos os tipos de lugares, aceitavam qualquer proposta. O mundo do sexo aguçada não apenas o prazer, mas a curiosidade deles. Até que eles conhecem alguém disposto a qualquer coisa para atender aos seus desejos, inclusive em acabar com o casamento do casal.

Foi um contexto bem chocante e intenso. Conhecer esse universo foi até polêmico, pois não imagino alguém permitir que seu parceiro viva intensamente, no pior sentido da coisa, apenas por gostar de que ele sinta prazer.

Mais uma vez, imagino que tenham trazido as consequências ao extremo de um hábito diferente que acabou se tornando uma obsessão. Pra mim foi o conto mais pesado até agora.

Mentes Paranoides
Número de páginas: 147 a 154

Livro Janelas da Mente

O que importa é que sempre estamos preparados.

O conto de hoje foi bem curtinho e conta a história de um homem que acreditava ter um chip na cabeça que possuía todas as respostas que a humanidade precisava. E os autores nos levam de uma forma na cabeça desse homem que é difícil saber o que é real ou apenas fruto da imaginação dele. O final só me fez pensar nas pessoas que realmente sofrem com isso e como elas lidam com isso, já que na cabeça delas a loucura faz total sentido.

Estou assustada com o quanto estou descobrindo sobre esses males que parecem tão absurdos, mas são escritos de forma tão comum.

Mentes Hiperativas
Número de páginas: 155 a 164

Livro Janelas da Mente

Quando alguém ama o que faz, não se preocupa com o tempo convencional.

A história é sobre uma mulher obcecada pelo trabalho. Nunca sentia que o sucesso era o suficiente. Enquanto o seu marido sabia que já tinham o suficiente para aproveitar o resto da vida juntos. Ela era muito boa no que fazia, mas esse seu desespero pelo próximo sucesso a deixou cega de uma forma que não sobrou nada para ela além da carreira.

…o tempo passava impávido e indiferente para o que fazemos ou deixamos de fazer.

Quando li o título, imaginei que leria sobre alguém hiperativo, acelerado, descontrolado… de uma forma que ficasse claro para o mundo o descontrole dessa pessoa. Olhariam para ela e diriam “ela tem problema”. Mas a hiperatividade esteve camuflada e o que vi, foi a figura de tantas pessoas que eu conheço. A vontade de conquistar um objetivo pode existir, é para isso que vivemos, sempre queremos algo, mas não esquecendo de quem ou o que está ao redor. Sem se perder por esse objetivo.

Quantas pessoas você conhece, que vivem em piloto automático, mal prestando atenção na vida, por estarem focados unicamente nos seus objetivos? Sério gente, fiquei assustada, pois a linha que divide ter foco de ser obcecado não pareceu muito grande. O que me deixou bem pensativa.

Mentes Perigosas
Número de páginas: 165 a 177

Livro Janelas da Mente

Mais um otário pra minha coleção.

Uma mulher mantinha a sua vida com base nos golpes que dava. Abusava da sua boa aparência, para seduzir e limpar as contas bancárias das suas vítimas. Até que ela encontrou alguém que gostava das mesmas práticas que ela e juntos não poderia sair boa coisa.

O conto é o retrato de muitas novelas que já vimos na televisão. Mas amei a forma curta em que os autores trouxeram a história. Dando a certeza que quem muito apronta, uma hora recebe o troco.

Mentes em Pane
Número de páginas: 179 a 190

Livro Janelas da Mente

O corpo só reflete o que acontece dentro da nossa mente

O conto é sobre um homem cético de tudo que a física não explique. No concorrer da história seu corpo começa a ter reações que a medicina não consegue explicar. Em uma luta entre humildade e todo conhecimento que ele tinha, precisou entender que algumas respostas estão além da ciência, em um mundo de possibilidades.

Desconfiem de qualquer um que seja cheio de certezas.

Extremamente polêmico. Mas foi o conto que eu mais gostei!haha

Livro Janelas da Mente

Finalizamos aqui os 12 contos do livro,  foi uma leitura incrível. Me deixou muito curiosa para saber o quanto era realidade. Vou procurar mais dos autores, com certeza!
Amei a oportunidade @globolivros! Muito feliz pelo convite. Espero que vocês também tenham gostado! Soube que alguns já foram procurar o livro e fiquei muito feliz.

Gostei bastante que a Ana Beatriz, a autora, interagiu em todos os posts. Vocês sabem que eu tenho uma super queda por autores que interagem né? Foi muito bacana e no final ela comentou um segredo bem interessante:

@anabeatriz11Eu que agradeço suas resenhas e colocações tão pertinentes!!! Mas, aqui vai um segredo, todos os casos retratam a verdade de alguns pacientes! De ficção, somente os nomes, idades e datas! ????????????????????????

Quem mais ficou em choque? Se a histórias já me chocaram, imagina agora tendo a certeza que todas eram reais?

Vocês precisam viver a experiência que eu tive com essa leitura!

O que acharam?

Beijinhos, Má

Livro Janelas da Mente

6 Comentários

  1. Vanessa Pereira13 out, 2017Responder
    • Marina Mafra Martinez15 out, 2017Responder
  2. Kalyne Lauren16 out, 2017Responder
  3. Magia é Sonhar18 out, 2017Responder
  4. Renata Borges23 out, 2017Responder

deixe seu comentário