Lua Nova

Stephenie Meyer

Editora: Intrínseca

Páginas: 488

Ano: 2008


Sinopse:

**Resenha contém spoilers caso você não tenha lido o anterior.

Livro anterior:

Crepúsculo


Resenha:

“Quanto mais você ama alguém, menos sentido as coisas fazem.”

Bella e Edward vivem o seu namoro à moda antiga. Ela já faz parte da família Cullen.

Mas Bella é humana e nem todos os vampiros da família Cullen conseguem evitar a sede pela sangue da moça. Edward percebe que Bella nunca estaria segura com ele e sua preocupação passa a ser a segurança dela. Já Bela, prestes a fazer 18 anos, só pensa que a cada minuto ela se torna mais velha que Edward e seu maior desejo é ser transformada em vampira para viver eternamente e jovem com o seu amado.

Edward decide deixá-la, mesmo contra a vontade dela. Acredita que longe dele, ela terá mais chances de viver uma vida “normal”. Bela perde a razão de viver e entra em uma depressão muito intensa. Se afasta de tudo e todos.

Seu sofrimento faz com que ela não tenha medo de morrer e colocando a sua vida em risco de propósito, passa a ouvir a voz de Edward dentro da sua mente, a alertando para ter cuidado.

Essa voz, é o que sobrou dele na vida dela e para não deixar de ouvi-la, Bella começa a encontrar maneiras radicais de se divertir.

É quando ela se aproxima do seu amigo de infância, Jacob (pausa para eu suspirar rs). Jake ajuda ela nas suas aventuras radicais e não demora muito para ele demonstrar seu interesse por ela. Mas Bella está longe de se permitir esquecer Edward.

“As sombras não pareciam tão escuras. Não com meu sol particular me fazendo companhia.”

Jake guarda um grande segredo de família e acaba se afastando de Bella. Sozinha novamente, ela se descontrola e no auge da sua revolta se joga de um penhasco pela adrenalina.

Alice, irmã de Edward, que consegue ver o futuro, vê Bella se jogando do penhasco. De onde Edward está, consegue ler a mente da irmã e como não consegue notícias de Bella, passa a acreditar que ela se jogou do penhasco para se matar.

Sem a sua razão para viver, Edward decide provocar a fúria dos Volturi, o clã mais antigo de vampiros, responsáveis por preservar o segredo da sua espécie. Sabia que eles o matariam, se ele tentasse relevar a existência dos vampiros.

Alice decide ir a Forks para ter notícias de Bella e quando descobre que ela está viva, corre com ela para alcançar Edward antes que ele provoque os Volturi. A única forma de evitar que ele sacrificasse a sua vida, seria ver Bella e saber que ela estava bem.

Lua Nova é o segundo livro da saga Crepúsculo e o meu favorito. O romance sai de foco e a história ganha uma ação e um mistério maior. É quando os lobos entram em cena, deixando a história ainda mais encantadora. Eu nunca senti tanta inveja de um personagem como de Bella, a danada é a mais sortuda do universo. Quem nunca sonhou em viver um amor assim? Mais forte do que a vontade de viver? A saga é incrivelmente viciante.

deixe seu comentário