Na cama com a fera

Tara Sivec

Editora: The Gift Box

Páginas: 210

Ano: 2019

Sinopse:

Um conto tão antigo como o tempo: ela precisa de um local para ficar, ele é um cara rabugento com um segredo e um quarto extra... Será que o amor consegue se instalar? Morando no porão do seu pai superprotetor, a acanhada Belle vive sua vida através dos livros. Ser parte do 'The Naughty Princess Club' é a primeira aventura que teve, além disso, ela precisa desesperadamente de dinheiro para salvar um dos seus lugares preferidos: a biblioteca local. Mas quando suas novas amigas e parceiras de negócios acabam fazendo com que ela seja expulsa da casa do pai, Belle é resgatada pelo ríspido Vincent "Fera" Adams que a convida para ficar em sua casa até que ela consiga colocar a vida nos trilhos. Apesar da atitude dele e da longa lista de regras, o coração de Belle começa a acelerar para aquele homem musculoso com tendências a rosnados, e passa a ver um lado gentil dele que não estava lá antes. Mas tem um quarto que a Fera mantém trancado e a intuição de Belle diz que ele está escondendo algo... Será que uma bibliotecária nerd consegue domar a fera ou o romance deles terminará antes mesmo de ter a chance de florescer?

Assim como o primeiro livro da série, Na cama com a fera, é completamente divertido e envolvente.

“Você pode aprender muito de uma pessoa, pelos livros que ela lê”.

Página 31

A história é narrada em primeira pessoa, por Isabelle, uma romântica incurável em busca do seu próprio conto de fadas.

“Eu sou romântica, quero ser cortejada como as mocinhas dos livros que leio há tanto tempo. Quero um homem que me deixe de pernas bambas, com algum gesto extremamente romântico. Quero flores e palavras açucaradas, cheias de emoção e significado”.

Página 28

No auge dos seus 25 anos Belle está cansada de viver no porão de seu pai e sob seu olhar superprotetor. Certa noite, após uma discussão, ela decide sair de casa e sem ter para onde ir vai para a biblioteca na qual trabalha, que por sinal está correndo risco de ser fechada. 

“Eu precisava tomar as rédeas da minha vida e ir atrás do meu destino, em vez de esperá-lo vir até mim”. Página 8

Depois de passar algumas noites dormindo no seu local de trabalho, Belle percebe a presença constante de Vincent mais conhecido como Fera, segurança na boate de PJ. Com a aproximação um tanto inusitada dos dois, Fera a convida para ficar na sua casa por um tempo. Ela enxerga ali, a oportunidade perfeita de ganhar “experiência” com os homens, a fim de começar a realizar strip tease em festas, assim como suas amigas. Pois Belle precisa de dinheiro, com urgência, para impedir que sua tão amada biblioteca feche as portas.

“Quero sentir mais daquele frio gostoso na barriga, que sinto quando ele está por perto”.

Página 45

“Esse homem é um enigma para mim. Ele diz que não é o herói de ninguém, mas suas ações provam o contrário. Eu vou descobrir quem é esse homem, nem que seja a última coisa que eu faça”.

Página 71

Com o tempo e a convivência, os dois vão se aproximando e descobrindo que são mais parecidos do que imaginam.

O desenvolvimento da relação entre eles é super fofo mas o destaque da história é o crescimento de Belle, que aos poucos vai se tornando uma mulher confiante e dona de si.

“Claro, minha vida tem sido uma bagunça completa nesses últimos meses, mas também tem sido excitante. E real. Esta é a melhor parte. Estou finalmente experimentando a vida real, em vez de apenas ler sobre ela”.

Página 169

Eu acho incrível a maneira como a autora consegue abordar assuntos sérios mantendo a história leve e humorada e nesse ponto os personagens secundários tiveram um importante papel.

“Quem se importa com o ‘felizes para sempre’? Tenho um ‘feliz neste momento’, e parece muito bom para mim”.

Página 170

Além de todo o romance fofo e divertido temos, também, algumas cenas sensuais, apesar de não serem muitas.

“Sei que uma mulher sã provavelmente ficaria morrendo de medo deste homem e do seu temperamento pavio curto, mas acho que já ficou claro que eu não sou sã quando o assunto é Vicent Adams”.

Página 111

A Belle simplesmente me conquistou com seu jeitinho meigo e inteligente mas completamente decidida. Sem contar com as curiosidades aleatórias que ela soltava quando ficava nervosa rs.

Um detalhe muito lindo é o amor de Belle pelos livros e como ela os considera importante. A autora me conquistou mais ainda nesse ponto.

“Belle pare de pensar em livros — Ariel ordena, reconhecendo o olhar sonhador que sempre aparece nos meus olhos quando eu penso na minha coisa preferida do mundo”.

Página 167

“Eu leio de tudo mas adoro romances. Você gosta de romances? Eles são tão lindos, cheios de esperança e doces”.

Página 20

01 Comentário

  1. Marina Mafra05 jan, 2020Responder

deixe seu comentário