untitled

O Último Olimpiano

Editora: Intrínseca

Número de página: 384

Ano: 2010

Sinopse:

**Resenha contém spoilers caso você não tenha lido os anteriores.
 

Percy está de férias, tentando levar uma vida normal, mas como nosso queridinho não é nada normal, logo as coisas começam a acontecer.


Cronos possuiu Luke e está a caminho para atacar o Monte Olimpo em Nova York com muitos monstros. 
 

Com os deuses ocupados lutando contra o monstro Tifão e o Poseidon lutando contra antigos espíritos do oceano, caberá aos jovens semi-deuses lutar contra o exército de Cronos.

No final do livro 4, Nico, filho de Hades, conta para Percy que descobriu uma maneira de se igualar ao Luke em forças para tentar derrotar Cronos. Poderia ser algo fatal, mas a essa altura arriscar vidas era um mero detalhe para os nossos campistas.

Finalmente Percy e Annabeth estão juntos (sou suspeita pra falar desse casal) e lideram o ataque contra o exército de Cronos.

A guerra é intensa e ocupa boa parte da leitura. É muita aventura, não dá pra largar o livro até acabar,

O final é um mix de surpresas e sacrifícios. Os maiores inimigos nem sempre terminam como vilões. O livro é cheio de aprendizados.
Mais uma vez o autor nos encanta com um final mais do que surpreendente e esse eu diria, desesperador.

O último livro da saga nos traz os personagens mais maduros, mas ainda dispostos a tudo para salvar o mundo dos monstros. A ajuda vem de onde eles menos esperavam e eu quase morri do coração com o desfecho!rs Eu super recomendo a saga!

Compartilhe!

error: Content is protected !!