capa-o-orfanato-da-srta-peregrine-para-criancas-peculiares

O Orfanato da srta. Peregrine para Crianças Peculiares

Editora: Leya

Número de página: 336

Ano: 2016

picsart_10-10-05-39-05

Sinopse: Tudo está à espera para ser descoberto em ‘O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares’, um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo – por mais impossível que possa parecer – ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias da época, vai deliciar jovens, adultos e qualquer um que goste de uma aventura sombria.

Resenha: 

O jovem Jacob Portman cresceu bem próximo de seu avô. Amava as histórias que ele contava sobre ter frequentado um orfanato com crianças com habilidades especiais, humanamente impossíveis e sobre suas lutas com monstros. Conforme foi crescendo começou a contestar a realidade das histórias, mas o avô mostrava algumas fotos antigas e curiosas dos seus amigos do orfanato.

picsart_10-10-05-46-24

A saúde do avô estava debilitada e fotografias poderiam ser alteradas. Mas estar de cara com um dos monstros das histórias do avô faz Jacob quase enlouquecer tentando provar o que viu.

picsart_10-10-05-48-05

Cansado de terapias e remédios, ele resolveu seguir as pistas das histórias do avô e quanto mais descobria, menos as coisas faziam sentido.

Quando ele descobre a localização do antigo orfanato, se depara com os amigos do avô, exatamente como estavam nas fotografias antigas, não haviam envelhecido.

Animado com a nova descoberta, Jacob não imagina que ao encontrá-los, denunciou a localização deles para os monstros.

picsart_10-10-05-49-02

A responsável pelo orfanato é a srta. Peregrine, uma chamada Ymbryne, que pode se transformar em ave e controlar o tempo. Ymbrynes são responsáveis por criar fendas, que é um local onde se vive todos os dias o mesmo dia, razão pela qual as crianças não envelheciam, mas se saíssem da fenda, envelheceriam rapidamente e morreriam.

Ter encontrado a fenda, fazia de Jacob especial como as demais crianças, ou como eles o ensinaram, fazia dele uma criança peculiar.

picsart_10-10-05-43-06

Porém nem todo peculiar e ymbryne era bonzinho. Tempos atrás, alguns acharam ter descoberto uma forma de imortalidade. Fugiram para uma fenda vazia para testar seus experimentos, mesmo contra a aprovação dos demais do povo.  Houve uma imensa explosão na fenda, acharam que todos haviam morrido. Semanas depois, peculiares começaram a ser atacados por criaturas invisíveis. Logo perceberam, que as criaturas eram seus irmãos rebeldes, que em vez de se tornarem “deuses” como desejavam, se tornaram demônios.

A imortalidade foi alcançada, mas se tornaram criaturas sem coração e alma, chamados de etéreos. Eles possuíam uma fome insaciável pela carne de peculiares e quando se alimentavam de uma quantidade suficiente, se tornavam acólitos, podendo passar por humanos, são espiões e caçadores de carne para os etéreos. Eles almejavam transformar todos os etéreos em acólitos, sem se importar com a quantidade de peculiares mortos para que isso acontecesse.

O que mais chama a atenção de Jacob é descobrir que esses acólitos podem ser confundidos com pessoas comuns, a não ser pelo fato de não terem pupilas. Ele se lembrava de ter visto alguém parecido próximo da casa do seu avô e não demora muito para descobrir que a sua vinda para o orfanato colocou todos em perigo.

picsart_10-10-05-42-23

Os monstros das histórias do seu avô não apenas existiam, como sempre estiveram muito próximos dele, esperando o momento certo de atacar. Ele mal teve tempo de descobrir tudo, já se tornou parte da história e peça fundamental para ajudar a salvar seus novos amigos.

Eu costumava sonhar em fugir da minha vida comum, mas minha vida nunca havia sido comum. Simplesmente não conseguira notar como ela era extraordinária.

Não tem como não se apaixonar pelos personagens. A história te envolve. É um imenso mistério, cheio de surpresas e reviravoltas. Com aquela pitada fofa de romance. Por ser o primeiro livro de uma trilogia, ele acaba daquele famoso jeito que te faz morrer de curiosidade e agradecer por não precisar se despedir dos personagens. Recomendo a leitura e que tenham o segundo em mãos antes de terminar o primeiro.rs

picsart_10-10-05-40-45

Compartilhe!