capa pequenas grandes mentiras

Pequenas Grandes Mentiras

Editora: Intrínseca

Número de página: 400

Ano: 2015

Livro pequenas grandes mentiras

Sinopse: Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando também sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de quanto isso afetará a vida de todos. Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, o novo romance de Liane Moriarty explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.

Resenha:

Livro pequenas grandes mentiras

… às vezes fazer a coisa errada também era certo.

Livro pequenas grandes mentiras

Pequenas Grandes Mentiras, traz a realidade de 3 mulheres. Não a realidade que aparenta, mas a que acontece dentro de cada uma. Segredos e mentiras, que mais cedo ou mais tarde podem explodir dentro delas.

Eu posso até ter quarenta anos, mas sou querida. (Madeline)

Madeline, linda e muito vaidosa, acabou de fazer 40 anos, enquanto lida com a filha adolescente do seu casamento anterior, tendo que aceitar que agora Abgail cresceu e não só prefere o pai Nathan, que as abandonou quando ela era bebê, como tudo relacionado a atual esposa do pai, Bonnie, com quem tem uma filha pequena, para a qual faz tudo que não fez por Abigail, parece ser mais interessante. Nathan aparenta ter mudado e se arrependido, mas para Madeline ele sempre seria quem a abandonou por não estar pronto para formar uma família. Ela o ignoraria, se não precisasse encontrar com ele e a esposa em cada evento da escola. Skye, filha de Nathan e Bonnie, estudava com Chloe, a filha mais nova de Madeline com Ed, seu atual marido. Juntos eles tinham mais um filho um pouco mais velho que Chloe, Fred. Viviam bem, tinham tudo, mas não sobrava dinheiro. O que a fazia, de certa forma, invejar sua amiga Celeste.

Livro pequenas grandes mentiras

Todo mundo queria ser rico e bonito, mas os ricos e bonitos de verdade tinham que fingir ser iguaizinhos as pessoas comuns. Ah, que mundo engraçado.  (Celeste)

Celeste com muita dificuldade engravidou e teve os gêmeos Max e Josh. Vivia deslumbrante, com uma beleza que chocava. Casada com Perry, tinham muito dinheiro, mas eram a prova de que nem todo dinheiro do mundo traz felicidade. Ela vivia distraída, calma. Só que por dentro enfrentava o trauma da violência doméstica. Sem saber como se abrir, com quem contar, ela se fechou. Não conseguia se desprender da situação, mas ela precisava tomar uma atitude, antes que a situação refletisse nos seus filhos.

Madeline conhece Jane por acaso, quando descobre que Chloe irá estudar com Ziggy, filho de Jane, a convida para sair com ela e Celeste. Rapidamente nasce uma amizade entre elas, mesmo sendo completamente diferentes.

Livro pequenas grandes mentiras

Quando alguém que você amava dependia da sua mentira, ela vinha fácil. (Jane)

Jane não possuía um pingo de vaidade, embora fosse muito bonita. Mudou com o filho para Pirriwee, pois parecia um lugar tranquilo e bonito. Criava o filho com muita dificuldade e sozinha. O pai de Ziggy era um mistério. Ela nunca havia contado sobre a noite em que engravidou e todos já haviam se acostumado com isso. Mas o trauma foi tanto, que abalou a estrutura de Jane.

Nada nem ninguém podia nos exasperar como os próprios filhos.

Quando Ziggy é apontado como o culpado por ter machucado uma coleguinha da escola,  ele nega e Jane acredita no filho. Madeline e Celeste passam a proteger a amiga. A mãe da menina que diz ter sido machucada causa uma imensa confusão pelo ocorrido, fazendo com que a discriminação e o bullying dominem a escola e todos os pais.

Os pais tendem a julgar uns aos outros. Não sei por quê. Talvez porque nenhum de nós saiba muito bem o que está fazendo.

A confusão cria uma proporção jamais esperada, trazendo a dúvida de quem realmente eram as crianças, se os pais ou os filhos. E um dia que deveria ter sido de festa para a escola, causa um assassinato. Todos são suspeitos, mas ninguém parece disposto a dizer nada.

Livro pequenas grandes mentiras

Os capítulos são divididos com narrações de Madeline, Jane e Celeste. Cada uma contando a sua parte da história e a cada capítulo nos aproximando mais de compreender o que ocorreu na noite do assassinato. Em uma leitura muito envolvente, as personagens me fizeram pensar na minha vida, nos meus segredos. Parei para analisar se tudo é o que parece ou se demonstramos a mentira que gostaríamos de viver. Seria possível viver uma mentira para sempre? Quais seriam as consequências da descoberta? Nenhuma? O livro demonstra claramente que não. Mas o desenrolar dessas consequências é o que faz a mágica da história. Eu super recomendo.

Livro pequenas grandes mentiras

Compartilhe!

error: Content is protected !!