perdida capa

Perdida

Editora: Verus

Número de página: 364

Ano: 2013

livro perdida

Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos… “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.

Resenha:

Contos de fadas podem se tornar realidade, Sofia. Basta que a princesa não lute contra a própria felicidade. (Ian)

Sofia Alonzo perdeu os pais cedo, sua única família era a melhor amiga Nina. Com um temperamento forte, trabalhadora e ótima em tudo que fazia

…toda essa baboseira de amor acaba assim que a rotina aparece. (Sofia)

Ian Clarke, perdeu os pais cedo e se tornou a base para irmã mais nova, Elisa. Um cavalheiro com muitas pretendentes, mas seu único desejo na vida era cuidar bem da irmã, arrumar uma esposa que pudesse ser uma mãe para ela.

Dois séculos os separavam. Ian vivia em 1830 e Sofia em 2010.

Um encontro inesperado com uma fada, leva Sofia para 1830, onde ela precisaria encontrar algo que nem sabia que estava procurando.

Ian a encontra assim que ela chega e algo nela (talvez desespero rsrs) faz com que ele queira ajudar.

Mas como ele poderia ajudar? Nem ela sabia como sair dessa. Enquanto ela tenta se adaptar com os costumes da época, luta desesperadamente para não se apaixonar por Ian, já que um dia teria que voltar para 2010.

Era como se cada célula do meu ser quisesse se grudar a Ian, como se ele fosse um magneto superpotente usando sua força em carga máxima e eu fosse revestida de metal. Impossível de escapar ou resistir. (Sofia)

O problema é que Ian já estava completamente apaixonado e disposto a fazer de tudo para que pudesse ficar com ela, mesmo ainda não compreendendo os reais motivos da sua partida.

Sinto que posso… flutuar quando estou com você, como se fosse capaz de realmente voar! Sinto-me completo pela primeira vez, Sofia. Há uma força em você que me atrai, que me arrasta para perto, uma força inexplicável que turva meus pensamentos. (Ian)

Já imaginaram um cavalheiro de 1830 e uma moça dos nossos dias atuais se apaixonarem? Impossível né? Não para a nossa querida Carina Rissi! Fui completamente conquistada por essa comédia romântica de época/moderna!rs Sofia me irritou do começo ao fim, talvez pela imensa inveja que senti por ter o Ian só pra ela. A autora foi muito criativa, uma Jane Austen do mundo moderno. Com diálogos de tirar o fôlego, você simplesmente não pode morrer sem conhecer o Ian! Quem já leu me ajuda? Socorro com esse homem gente!

perdida livro

Compartilhe!