Pertinácia

Sue Hecker

Editora: Harlequin

Páginas: 256

Ano: 2018

Sinopse:

A vida de Rafaela nunca foi fácil. Da infância passada em um orfanato à mudança para São Paulo, ela sempre teve que superar diversos obstáculos que surgiam em seu caminho. Quando tudo parecia entrar nos trilhos e a jovem enfermeira pensava ter encontrado o amor, um erro lhe tirou tudo, e ela não sabe como recomeçar. É exatamente em seu momento mais frágil que Rafaela conhece Jonas, um advogado confiante, sexy e vaidoso, que parece determinado a seduzi-la.

Resenha:

Pertinácia é sinônimo de: capricho, obstinação, relutância, renitência, resistência, teimosia. E é o contrário de: inconstância.

Acredito que se tornar enfermeira seja um ato de amor, de cuidar do próximo e se dedicar de corpo e alma a essa profissão. Embora nos hospitais e postos de saúde da vida, encontramos muitos monstros disfarçados de enfermeiras.

“Vida real não tem nada a ver com a profissional. Se fosse assim, a dor que estou sentindo esses dias por ter sido rejeitada seria fácil de suportar, porque trabalho como enfermeira, cuidando das dores alheias.” (Página 28)

A enfermeira de nossa história é praticamente um anjo. Rafaela nunca teve uma vida fácil, sempre precisou trabalhar duro para se sustentar. Passou a maior parte da infância em um orfanato e tudo o que mais queria era amar e ser amada algum dia.

Em uma atitude impensada, Rafaela pensou ter encontrado o amor verdadeiro, porém só teve decepção e rejeição, e nesse momento tão doloroso da vida, ela conhece Jonas, um belíssimo advogado que a tira do sério.

“A facilidade com a qual ela compromete o meu bom senso e capacidade de pensar coerentemente vai me trazer problemas sérios.” (Página 87)

Rafaela não aguenta passar por outra decepção e não quer se envolver de forma nenhuma com Jonas, mas os adoráveis olhos pretos dele a hipnotizam. Inocente e inexperiente, nossa bela enfermeira vai aprender os caminhos que o amor pode levar.

A autora criou uma personagem sensível, amorosa, que se preocupa em primeiro lugar com os outros e só depois consigo mesmo. Pessoas assim são raras, correto? Mas Rafaela levou a sério o juramento que fez ao se tornar enfermeira.

“… Você tira o meu chão. Eu não sei como agir quando você está ao meu lado e se agora mesmo me dissesse que não pode me dar tudo o que eu quero, eu diria que me contentaria com ao menos um porquinho da sua atenção.” (Página 143)

Jonas é um homem que tem todas as certezas da vida postas a prova ao bater os olhos naquela jovem que entra em seu escritório. Às vezes pensamos que a vida já nos deu tudo o que poderia nos dar. Mas essa vida, ah… ela é uma inesperada caixinha de surpresas.

Se você gosta de romances adultos e com um teor mais sensual, se prepare para conhecer a história de Rafaela e Jonas em Pertinácia.

“Tudo o que eu quero e preciso agora é que ela se sinta querida, desejada e amada. O peso do ultimo sentimento que paira na minha cabeça me assusta um pouco, porque sei o quanto é sincero. Sinto dentro de mim que ela é digna do melhor.” (Página 192)

2 Comentários

  1. Marina Mafra16 jun, 2018Responder
  2. sue hecker17 jun, 2018Responder

deixe seu comentário