Por você

Silvana Barbosa

Editora: Portal

Páginas: 192

Ano: 2018

Sinopse:

A partir do momento em que o libertino Tristan Smith convida a inexperiente Juliet Fiennes para dançar, tudo o que poderia ser considerado tradicional cai por terra. Desde a forma como ele a conduz durante o bailado, até o modo como a pede em noivado, nada entre eles ocorre segundo as normas vigentes da época. E exatamente por isso o amor floresce espetacularmente entre os dois. Usando de todos os métodos de sedução, o jovem empresário de origem nobre dribla seus rivais, e consegue vencer as resistências da dama, provando seu valor e enfim conquistando seu coração. Mas quando tudo parece perfeito e encaminha-se para o final feliz típico dos contos de fadas, o inesperado acontece, e tudo muda. Como poderá o casal lidar com as dificuldades que surgem em seu caminho tentando mudar seu destino e destruir sua bela história de amor? Nesse romance, onde a força da persistência se entrelaça com a beleza do amor, descubra que às vezes o destino pode ser surpreendente!

Resenha:

Até pouco tempo atrás minhas leituras de romances de época se resumiam a livros de autores estrangeiros, pois temos uma gama muito grande de opções.

Tenho lido muitos nacionais e o que observo é cada vez maior o número de autoras brasileiras que escrevem esse gênero literário.

É com muito prazer que hoje trago como dica de leitura o primeiro livro recebido da nossa nova parceira, a Editora Portal.

“Por Você – Série Libertinos / Livro 1” é um romance de época maravilhoso da Silvana Barbosa. Sua escrita é bem envolvente, do tipo que prende o leitor da primeira à última página.

Com um enredo leve e divertido, a autora nos apresenta personagens marcantes, que fogem um pouco dos padrões de sua época quando se trata de personalidade e atitude.

Além disso, tenho uma queda por romances com libertinos. Eles sempre deixam a leitura mais interessante.

Nesse primeiro livro da série conhecemos Tristan Smith. A fama de libertino que carrega não é totalmente por mérito próprio. Algum tempo atrás, Tristan e seu amigo Jake foram vítimas de uma armação que os levaram a serem considerados verdadeiros crápulas. Mesmo após tudo ser esclarecido, continuaram sendo vistos como uma ameaça à reputação das moças de família.

Ainda assim, o belo libertino não consegue esconder-se dos olhares das mães casamenteiras, já que é um homem rico e nobre. O que elas não sabem é que casar-se não faz parte dos seus planos. Até que ele conhece a doce Juliet.

“Então seus olhos recaíram sobre uma jovem quase escondida no fundo do salão. (…) Era um rosto incomum, desses que atraem o olhar curioso para uma segunda observação, de beleza exótica. Como não a havia notado antes?” (Página 11)

Juliet Fiennes é uma jovem de boa família e está na cidade para a temporada de bailes. Apesar de inexperiente, é muito inteligente, tem personalidade forte e opinião própria. Respeita as convenções sociais e mantém a postura que se espera de uma moça solteira.

Tristan não perde tempo e usa a dança como uma oportunidade de se aproximar da jovem. A conversa entre os dois flui naturalmente e a atração que sentem um pelo outro é inevitável. Nosso rapaz só não imaginava quão instigante e prazerosa seria a companhia da adorável dama.

Juliet é diferente das outras moças que conhece. Tem conteúdo, sabe conduzir e manter uma conversa interessante. Logo, os dois se envolvem em um relacionamento que evolui de maneira totalmente fora dos padrões da época.

“Tenho medo porque tudo entre nós é perfeito e maravilhoso, e estou tão feliz com você, que isso me apavora.” (Página 96)

O noivado, apesar de também ter ocorrido de forma nada convencional, vai melhor do que o esperado. Até que uma tragédia acontece e abala consideravelmente a relação e a felicidade do jovem casal.

Em uma história, geralmente associamos a palavra “vilão” a um personagem específico. No caso desse livro aqui, o grande vilão da trama são os sentimentos que a nossa Juliet experimenta ao ver ameaçada sua história de amor com Tristan. Ao passarem por uma situação crítica, o amor do jovem casal é posto à prova e cada emoção vivida a partir disso pode significar o fim de um romance que tinha tudo para ser perfeito.

Nem sempre é fácil administrar nossos sentimentos e, às vezes, aprendemos da maneira mais difícil. Juliet e Tristan passaram por uma fase de muito estresse, especialmente para ela, mas, apesar de tudo, foi também um momento de autoconhecimento.

A escrita da Silvana me encantou. A trama traz muitos personagens interessantes e divertidos, o que tornou a leitura ainda mais prazerosa para mim. Não vejo a hora de ler o segundo volume da série.

Não poderia deixar de falar sobre essa edição. A Editora arrasou na capa e diagramação do livro. Aliás, só de olhar o catálogo dá vontade de ler qualquer título publicado pela Portal.

Abraço carinhoso em todos e até a próxima!

9 Comentários

  1. Camila Carvallho09 maio, 2018Responder
  2. Naiara Aimee10 maio, 2018Responder
    • 11 maio, 2018Responder
  3. 11 maio, 2018Responder
  4. Marina Mafra15 maio, 2018Responder
  5. Silvana Barbosa16 maio, 2018Responder
    • Le18 maio, 2018Responder
  6. Silvana Barbosa16 maio, 2018Responder
    • Le18 maio, 2018Responder

deixe seu comentário