Prelúdio sombrio

Tillie Cole

Editora: The Gift Box

Páginas: 400

Ano: 2019

Sinopse:

Pecar nunca pareceu tão bom... Um encontro fortuito, que nunca deveria ter acontecido. Muitos anos atrás, duas crianças de mundos completamente diferentes forjaram um laço inquebrável que mudaria suas vidas para sempre... Salome conhece apenas uma maneira de viver: sob as regras do Profeta David. Na comuna que ela chama de lar, Salome não conhece nada além da sua rigorosa fé, nem a vida além da cerca; a cerca que a enjaula, mantendo-a presa em um círculo vicioso de tormento. Uma vida à qual acredita estar destinada, até que um evento horrível a liberta. Fugindo da segurança de tudo o que conhecia, Salome é jogada no mundo exterior... Um mundo aterrorizante, cheio de pecados e incertezas; e nos braços de uma pessoa que ela acreditava que nunca veria novamente. River 'Styx' Nash sabe da única certeza da vida — ele nasceu para usar um colete de couro. Criado em um mundo turbulento de sexo, Harleys e drogas, Styx inesperadamente se vê com o martelo do Hades Hangmen pesando sobre seus ombros, e tudo isso aos vinte e seis anos, para o deleite dos seus desafetos. Atormentado pela impossibilidade de falar, Styx aprende rapidamente a lidar com seus inimigos. Punhos poderosos, uma mandíbula de ferro e a habilidade excepcional com sua preciosa faca alemã, lhe rendem a assustadora reputação de ser um homem que não deve ser incomodado no obscuro mundo dos MCs foras da lei. Uma reputação que mantém, com sucesso, a maioria das pessoas bem afastadas. Styx tem uma única regra na vida: nunca deixar alguém se aproximar demais. É um plano ao qual se mantém fiel há anos, até que uma jovem é encontrada ferida no seu território... Uma mulher que lhe parece estranhamente familiar, uma mulher que claramente não pertence ao mundo dele, mas que ainda assim, Styx não consegue deixar ir...

* Romance Dark Contemporâneo / New Adult. Contém situações sexuais, violência, assuntos sensíveis e tabus, linguagem ofensiva e tópicos maduros. Recomendado para maiores de 18 anos *

Ele era o meu único segredo… meu maior pecado.

É importante que se leve a sério o aviso sobre o que a leitura traz e já leia ciente, pois não vou enganar vocês, é um livro pesado.

Já começa impactando com uma nota em que a autora conta um pouco sobre a história ser baseada em fatos reais.

Também não acredito que seja o tipo de leitura para “sair da zona de conforto”. Não existem mocinhos, em pelo menos algum momento você vai detestar todos os personagens, a linguagem é cheia de palavrões e até os apelidos carinhosos para as mulheres podem chocar, mas a leitura vale a pena para descobrir o desfecho. A história é muito original e instigante. Tillie possui uma escrita rica. É uma obra para ser apreciada, mas não recomendo para quem não gosta do estilo.

Nesse primeiro livro da série Hades Hangmen, conhecemos uma gangue de motoqueiros mafiosos, que são chegados no deus do inferno e a comuna, uma ceita religiosa, que vive em um local isolado e onde abusam das mulheres desde crianças com o pretexto de ser orientação divina.

Na comuna as mulheres são preparadas desde o nascimento para os abusos sexuais. É assustador imaginar que elas não se defendam, mas os líderes são cruéis ao expor que se trata da vontade de Deus, inclusive usando a própria bíblia e como elas não tiveram qualquer contato com o mundo fora dali, acreditam fielmente, que desobedecer pode ser fatal.

Salome é uma dessas mulheres, mas após uma experiência ainda mais traumática, consegue fugir dos líderes. Acaba machucada e inconsciente próximo à cede do moto clube.

Gente, que dó dessa moça!

Escapou de uns lunáticos e caiu onde mulheres são tratadas como objetos sexuais descartáveis. Porém, ela “cai nas graças” do chefão da gangue.

Styx possui uma dificuldade na fala, mas após a morte do seu pai, todos passaram a respeitá-lo como líder. Ele se comunica por sinais e conta com a ajuda de um braço direito para as traduções quando necessário.

Quando Styx vê Salome sente uma ligação, como se já se conhecessem. Foi bacana acompanhar essa mudança no estilo bad boy dele. Um conflito interno entre seu temperamento e o sentimento de posse sobre a moça, que se encanta por ele.

(…)percebi que perdi parte da minha alma para a escuridão. Porque se Styx fosse condenado ao inferno, eu também seria. Eu o seguiria aonde quer que ele fosse.

Mas nem toda a proteção dos Hades Hangmen foi o suficiente para protegê-la. Os líderes da comuna não desistiram de procurar a ovelha fugitiva e a descoberta de que os interesses dos dois grupos tinha muito mais em comum do que apenas uma garota, tornou o encontro desses dois universos um verdadeiro banho de sangue.

O final foi satisfatório, mas a autora já deixou vários ganchos para os próximos livros, por isso recomendo que garanta o próximo sempre que estiver lendo o anterior. Haha Atualmente a autora está escrevendo o nono livro dessa série e a Editora The Gift Box já garantiu que todos serão publicados por eles.

Os capítulos alternam entre os personagens, narrados em primeira pessoa, nos dando uma visão de dentro de cada realidade. Amo quando as narrativas ficam diferentes ao ponto de parecer escrito por mais de um autor. Tillie arrasou nisso. Só me incomodou alguns diálogos, a maioria durante as cenas de sexo, mas pode ter sido pelo fato de eu esperar uma atitude mais recatada ou insegura, de personagens que foram violentadas a vida inteira.

Não saber o que exatamente faz parte dos fatos reais da história mexeu demais comigo. É um livro perturbador.

Mesmo odiando todos os personagens haha, recomendo demais a leitura e estou ansiosa pelo próximo que já está à venda: AmazonSite da editora

Não podemos lutar contra o destino, Cain. Agora eu sei disso. O universo tem sua maneira de mostrar como as coisas devem ser, com quem você deve estar.

deixe seu comentário