Sereia Urbana

Sheila Guedes

Páginas: 304

Ano: 2017

Sinopse:

O que fazer quando o seu corpo grita por prazer e seu coração pede por amor? Isabelle sempre teve prazer em despertar desejo. Amar é um verbo desconhecido, seduzir é sua sina. Ela é uma Sereia Urbana. Vive de paixões temporárias. Sua vida se resume à sua moto, seus desenhos, sua gata, Luna, e às várias cidades por onde passou. Até conhecer Léo. Léo é um cara taciturno e com uma beleza que a acerta em cheio, que clama por sua sereia urbana. Isso a atordoa, fascina e desperta algo mais, que Isabelle achava não ser capaz de sentir. A beleza é efêmera, descartável. A beleza limita as pessoas. É nisso que o Leo acredita. Léo a enxerga além da beleza. Enxerga a solidão massacrante em seu olhar, uma solidão que é o reflexo da sua. Trabalhando lado a lado, ela vai tentar seduzi-lo, ele vai tentar conquista-la. Nessa batalha, não há perdedores. O amor e o desejo vão travar uma luta ferrenha. Quem vencerá?

…é muito mais feliz quem é julgada pelo que verdadeiramente é, não pelo que aparenta ser.

Belle era extremamente linda por fora, mas por dentro guardava muitas mágoas. Foi abandonada pela mãe quando pequena, ficando aos cuidados do pai, que magoado pelo abandono e incomodado pela semelhança de Belle com a mãe, passou a evita-la, deixando por conta dos empregados os cuidados e criação da filha.

Nem todo dinheiro da família foi o suficiente para prendê-la. Assim que conseguiu, saiu de casa levando apenas algumas coisas e a moto que ganhou do pai.

Sua beleza era na mesma medida uma benção e maldição. O encanto que ela causava nos homens de alguma forma mexia com algo dentro dela. Como se o prazer deles, a alimentasse de alguma forma. Uma das poucas coisas que a sua mãe a havia falado, é que as mulheres da sua família estavam destinadas a nunca encontrar o amor verdadeiro, apenas eram saciadas por momentos e quando acabavam, a solidão voltava a dominá-las.

Minha maldição é a beleza. Ela tira a razão dos homens, e eles ficam enfeitiçados. O amor não faz parte do pacote. Homens enfeitiçados não se apaixonam, ficam tão obcecados com a beleza, que o sentimento de posse ultrapassa tudo mais.

Mesmo amargurada, já havia aceitado o seu destino. Trabalhava como capista de livros e da mesma forma que não se prendia em relacionamentos, sempre mudava de emprego e cidade, deixando um rastro de homens apaixonados, magoados e abandonados.

As lembranças da noite me inundam, e, por um segundo, sinto nojo do que fiz e de quem sou. Mas rapidamente as lembranças do prazer que compartilhamos me preenche com algo mais forte do que a repulsa.

Até que o destino a leva direto para Léo, chefe da editora onde ela faria uma entrevista. Extremamente atraente, mas parecia imune aos seus encantos.

Ela é tão solitária. Consigo sentir sua solidão. Talvez porque sua solidão encontre eco na minha.

Eu sinto com toda a minha alma que ele está tão conectado comigo, como estou com ele. Sei que ele pensou em mim com a mesma frequência que pensei nele. Não sei bem para onde esta conexão vai nos levar, mas agora, neste momento, eu só quero ir.

Belle passa a repensar nas escolhas que fez. Passa por uma fase de enfrentar os seus fantasmas do passado e compreende que o destino é o responsável por nos guiar até certo ponto, algumas coisas só acontecem quando somos corajosos o suficiente para fazer escolhas que até podem abalar a nossa estrutura, mas por nos preparar para um futuro surpreendente.

Posso me considerar uma fã da Sheila Guedes, já que li e amei todos os seus livros. Nesse o maior impacto para mim, foi a forma como ela trabalhou a necessidade do perdão, para que a vida possa seguir. É assustador como alguns traumas podem limitar, encolher e esconder as pessoas em um tornado de mágoas. É extremamente difícil ser forte o suficiente para sair dessa situação e acompanhar a evolução de Belle foi angustiante. O romance picante, os diálogos fofos continuaram presentes na sua escrita, mas mais uma vez o impacto familiar roubou a cena para mim, o que faz a She ter o meu coração.

Se ainda não conhece a autora, te convido a conhecer. Tem resenha de todos os seus livros aqui. Pode acompanhar seus futuros trabalhos também pelas suas redes sociais: Instagram | Facebook | Site.

Fiz a leitura em dupla com a Kaka do Blog O Reino das Páginas. Passa lá no blog dela pra saber o que ela achou. Temos um carinho todo especial pela nossa rainha She.

Alguém já leu algo dela?

01 Comentário

deixe seu comentário