Sunshine

M.S.Fayes

Editora: Pandorga

Páginas: 320

Ano: 2018

Sinopse:

Entre os irmãos Walker, Sunshine sempre foi conhecida como a mais descolada e de personalidade expansiva. Sempre se sentindo à sombra da irmã mais velha, Rainbow, tão certinha e centrada, Sunny fazia questão de manter uma imagem que na verdade não condizia com quem era por dentro, uma garota doce e romântica. Mike havia acabado de entrar na faculdade como o receptor do time de futebol americano. Tímido e reservado, ele não fazia jus à fama que os jogadores faziam questão de manter, ainda mais quando seu coração estava fisgado por uma garota que ainda estava no ensino médio em sua cidade natal. Dois corações apaixonados. Duas etapas de vida diferentes. Obstáculos e decisões importantes que poderiam mudar o futuro de seu relacionamento para sempre. E principalmente... mudar irremediavelmente suas vidas.

Sunshine fazia com que qualquer garota ficasse apagada ao seu redor.

Sunny era apaixonada por Mike, melhor amigo do namorado da irmã. Já haviam tido um lance, mas embora parecesse que Mike seguiu em frente, ela não conseguia esquecer os momentos que viveram e sonhava desesperadamente com novos momentos.

Quando descobriu que ele também gostava dela, passou a viver seu próprio conto de fadas.

Diferente da irmã, Sunny era mais alegre, festeira. E usava essa imagem para esconder a menina inexperiente que tinha por dentro. Descobrir esse seu lado puro, deixou Mike ainda mais encantado.

Mas como todo relacionamento, tiveram que enfrentar obstáculos.

Mike estava na faculdade, não conseguia ser muito presente e Sunny acabou de entrar para as líderes de torcida do colégio.

Os dois precisaram aprender a lidar com as suas inseguranças e o jeito espoleta de Sunny fez Mike se perder no limite entre ser possessivo e querer protege-la.

Gosto de brincar que Thomas me deixou mal acostumada e tento encontrar a maturidade dele em todos os personagens da Martinha. Se não sabe do que eu estou falando, leia a resenha de Rainbow aqui no blog. O relacionamento de Sunny e Mike, embora fofo e mais picante, é mais imaturo. Encontramos neles algo mais comum, mais real. Os pais Walker continuam ausentes e hippies,  o que faz Storm continuar roubando as cenas para mim, com seu ciúmes e controle sobre as irmãs. Ele é meu favorito de tudo que já li da autora. Foi muito gostoso matar a saudade dos personagens, com uma perspectiva menos nerd. Hehe Fiquei impressionada com a mudança na escrita da autora, de nerd em Rainbow para bagunceira em Sunshine. Embora o final tenha sido o que eu desejava, a história não termina antes de mostrar as consequências da falta de comunicação e transparência dos sentimentos. Sunshine veio para aumentar a minha admiração pela diva M.S.Fayes, que embora brasileira, nos faz viajar na sua escrita perfeitamente gringa!

Se eu recomendo? É claro que sim! E digo mais… vem pra mim Storm! haha Livro 3, fechando da melhor forma a trilogia dos nossos queridos irmãos Walker.

2 Comentários

  1. Le Vamp17 ago, 2018Responder
  2. MS Fayes18 ago, 2018Responder

deixe seu comentário