Uma Dama Fora dos Padrões (Os Rokesbys #1)

Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Páginas: 272

Ano: 2018

Sinopse:

Primeiro livro da nova série de Julia Quinn, Os Rokesbys. Julia Quinn já vendeu mais de 850 mil livros pela Editora Arqueiro. Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados... Esta não é uma dessas vezes. Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia. Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria... Ou não. Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente. Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso... Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.

Nesse momento eu sei o que se passa em sua cabeça, tudo bem, não adianta negar, não precisa se encabular, eu sei que você deve estar pensando: lá vem ela com Julia Quinn outra vez? hahaha sim meu caro leitor, caso ainda não tenha percebido, Julia é uma das rainhas da literatura que abrilhantam a minha vida. Nós leitores tanto pedimos, que ela atendeu as nossas suplicas e nos trouxe Os Rokesbys, uma família que é vizinha dos Bridgertons há séculos.

Sybilla (Billie) Bridgerton é a irmã mais velha de Edmund Bridgerton (o pai dos nossos queridos irmãos Bridgertons), uma garota destemida, impetuosa e que foge completamente dos padrões aceitos pela sociedade, afinal, além de tudo ela usa calças quando precisa cuidar de Aubrey Hall, a propriedade da família.

“Ela era tudo que ele nunca quisera em uma mulher. Era teimosa, estupidamente imprudente e, se ela tivera um momento feminino em sua vida, ele nunca tinha visto.

E ainda assim…

Ele engoliu em seco.

Ele a queria. A queria como nunca quisera nada. Queria o sorriso dela, e o queria só para si. Ele a queria em seus braços, sob seu corpo… porque de alguma forma sabia que, na cama dele, ela seria misteriosa e feminina.”

Como as duas famílias eram muito próximas, era de esperar que Billie se casasse com um dos irmãos Rokesby. Alias, era mesmo o plano das famílias, já que Billie sempre foi amiga de Andrew e Edward. Ela não se oporia a isso, exceto se o escolhido fosse George, o arrogante e irritante irmão mais velho. Eles não se suportam, e sempre foi assim.

Aaah, a vida é uma grande caixinha de surpresa, vocês se lembram disso? Quando o destino obriga Billie e George a permanecerem juntos em um lugar fora do comum, esses dois inacreditáveis adversários, descobrem que o sentimento entre eles é algo totalmente diferente do que imaginavam. E quando inesperadamente um beijo acontece, eles percebem que as vezes a pessoa certa para você, estava ali do seu lado o tempo todo.

“Não, não tinha a ver com George. Não podia ter a ver com George.

Só que… recentemente parecia que tudo tinha a ver com ele.”

Particularmente eu amo histórias sobre encontrar o amor nos locais mais inusitados. Confesso que amor a primeira vista não me aquece o coração como um amor que foi lapidado e polido. E assim foi o sentimento que surgiu entre Billie e George. Mais uma vez Julia soube trabalhar um enredo cativante, com personagens espirituosos e que nos fazem viver a história deles através das páginas.

Identifiquei-me com Billie pela forma singular de ser. A considero um espírito livre, que se permite viver, independente do que a sociedade vai pensar. De certa forma deveria ser assim o modo correto de viver não? A coragem de Billie em assumir os seus sentimentos e correr atrás daquilo que a faria feliz, foi algo encantador ao longo das páginas. Às vezes esqueço que se trata apenas de uma personagem literária e imagino como ela seria nos dias de hoje rs.

“Mesmo naquela época, ela já sabia que não era como as outras garotas. Não queria tocar piano ou costurar. Queria estar ao ar livre, voar na garupa de seu cavalo, a luz do sol dançando pela sua pele enquanto seu coração pulava e corria com o vento.”

George, aaaah George… Se os outros Rokesbys forem como ele, digamos que os Bridgertons terão fortes concorrentes no mundo literário rs. Achei-o um perfeito cavalheiro, alguém de fibra e moral, que valoriza a família acima de tudo. Exatamente como os meninos Bridgertons. Creio que Julia sabe como criar príncipes encantados bem melhores do que os dos contos de fadas.

E se você meu caro, se lembra de Pall Mall, no estilo Bridgerton, fique sabendo que terá uma maravilhosa surpresa nesse livro. Gostaria de contar mais detalhes, mas só saibam que eu até gritei de emoção com uma determinada cena. Uma dama fora dos padrões é o primeiro livro da série Os Rokesbys, além de contar com uma narrativa eloqüente, uma história encantadora, o livro possui um gancho perfeito para o próximo volume que só me fazem pensar nas seguintes palavras: preciso urgentemente.

 “E então, porque ela era Billie Bridgerton e nunca se importara em assumir o controle, enfiou os dedos no cabelo de George e puxou sua boca até a dela.

E, porque ele era George Rokesby e iria amá-la pelo resto de seus dias, retribuiu o beijo.”

deixe seu comentário