Uma noiva para Winterborne

Lisa Kleypas

Editora: Arqueiro

Páginas: 336

Ano: 2018

Sinopse:

Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais. No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda. Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão. Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade. Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

“Passo a passo, deixava para trás sua antiga vida, sem possibilidade de retorno.” (Página 44)

Uma pessoa pode possuir grandes riquezas, prestígio e poder, mas de certa forma, nenhuma dessas coisas consegue preencher um coração tanto quanto o amor. O mais sublime e encantador dos sentimentos, surge nas mais diversas situações e entre as pessoas mais diferentes possíveis. E foi assim que a história de Helen Ravenel e Rhys Winterborne começou.

Em Um Sedutor sem Coração, já tomamos conhecimento de um noivado entre Helen e Rhys, porém as coisas não terminam positivamente para ambos no final do livro. Ele, um filho de comerciantes que batalhou muito na vida até conseguir formar o seu próprio império, a grande Winterborne’s, a maior e mais rica loja que já se ouviu falar, nunca teve o seu lugar aceito na sociedade por não ser um nobre de sangue puro, mesmo sendo grandiosamente mais rico do que muitos dele.

“- Você leu os contos de fadas. Sabe o que acontece com garotinhas que visitam lobos.
Helen se virou em seus braços.
– Sei mesmo – susurrou e levou os lábios sorridentes ao encontro dos dele.” (Página 154)

Rhys sempre lutou por tudo aquilo que quis, e jamais desistiu. Ao conhecer Lady Helen, ele determinou para si mesmo que ela seria dele. Mesmo sendo inocente e sem um pingo de conhecimento sobre relacionamentos, Helen se encanta profundamente por Rhys, e uma grande e avassaladora paixão surge entre eles.

Nada na vida é perfeito, e como sendo um homem de negócios bastante rico e influente, Rhys coleciona alguns inimigos, principalmente pelo fato de ser galês. Em contrapartida, Helen esconde um segredo terrível e doloroso, algo que pode colocar fim ao amor que surgiu entre eles. Mas afinal de contas, dois corações apaixonados são fortes o suficiente para vencerem todos os obstáculos contra a felicidade?

“O Sr. Winterborne não é um homem comum, milady. Ele não teme nada e não dá satisfações a ninguém. De certo modo, está até mesmo acima da lei. Ouso dizer que ele se porta melhor do que a maioria de nós faria, se estivesse em seu lugar. Mas o Sr. Winterborne pode ser imprevisível. Se deseja se casar com ele, milady, deve guardar silêncio.” (Página 168)

Helen já havia ganhado a minha admiração em Um sedutor sem coração, e Rhys um pouco da minha decepção. O primeiro livro terminou de uma forma tão curiosa que eu praticamente surtei querendo esse segundo volume. E Lisa Kleypas me presenteou com uma história maravilhosa, encantadora e divertidíssima.

Os Ravenels são conhecidos pelo temperamento extremamente forte (acho até que sou uma haha), mas Helen é o oposto disso, sempre calma, tranqüila e controlada, é a pessoa que coloca razão e sentido na cabeça da família. Rhys é um homem extraordinário, nesse livro pude conhecer mais sobre a pessoa que ele de fato é, e me sensibilizei com sua história de luta e determinação. Os dois formam um casal único e incomparável, e a autora soube bem como trabalhar os sentimentos entre eles.

“Ela o amava. Amava o menino que ele havia sido e o homem que era agora. Amava a aparência, o cheiro e a sensação dele, o encanto brusco do seu sotaque, o orgulho sensível e a determinação que o haviam levado tão longe na vida, alem das outras muitas qualidades que o tornavam tão extraordinário.” (Página 186)

O nosso casal queridinho de Um sedutor sem coração dá as caras por aqui também, Kathleen e Devon estão ainda mais apaixonados e encantadores. As gêmeas Ravenels; Pandora e Cassandra continuam as mesmas moças irreverentes de sempre, fazendo com que eu soltasse altas gargalhadas durante a leitura. Preciso urgentemente do próximo livro, estou curiosa para saber quais peripécias Pandora aprontará em sua história.

Um livro divertido, envolvente, apaixonante e bem escrito. Personagens secundários trabalhados divinamente, dando uma outra perspectiva a narrativa. E um casal de contos de fadas, daqueles que aquecem o coração e nos enchem de bons sentimentos. Parabenizo a Editora Arqueiro pela diagramação e por investir tão bem em histórias maravilhosas assim. E se você ainda não conhece os Ravenels meu caro leitor, não perca mais tempo e venha se juntar a essa louca família.

“Ame-me por quem eu sou, como eu a amo por quem você é… e nosso laço durará até as estrelas perderem o brilho.” (Página 320)

4 Comentários

  1. Marina Mafra12 jul, 2018Responder
  2. Camila Carvalho12 jul, 2018Responder
  3. 12 jul, 2018Responder
  4. yeezy shoes21 jul, 2018Responder

deixe seu comentário