Como nunca imaginei

Naiara Aimee

Editora: Amazon

Páginas: 200

Ano: 2018

Sinopse:

"Um diário e três vidas entrelaçadas." Débora perdeu a melhor amiga e desde então têm vivido uma vida que não é sua e sem espaço para o amor. Ela está decidida a permanecer só, mas algo inesperado acontece. Em suas mãos vão parar um vestido de noiva e um diário que irá transportá-la ao Rio de Janeiro do século XX e a levará a conhecer as histórias de Giovanna e Celeste, duas mulheres fortes, que precisam superar as barreiras impostas por uma sociedade aristocrática. Isso fará com que um Débora descubra mais que um simples relato, mas também como o amor de Deus pode atravessar gerações.

Resenha:

Sei que encontrará aí muito mais que uma simples história, mas talvez possa também encontrar a si mesma.

Débora é surpreendida por uma visita na sua loja de vestidos para casamento.

Uma senhora simpática, a presenteia com um vestido de noiva antigo, lindíssimo e em seguida envia para a casa de Débora um baú, contendo a revelação dos segredos por trás do vestido.

No baú, ela encontra um diário escrito por Giovanna, narrando a luta para poder se casar com o seu grande amor, André. Ambos separados por uma série de preconceitos da época.

Indo contra tudo e todos, Giovanna e André geram Celeste, uma menina linda, que fica órfã muito cedo e de forma trágica.

O diário termina, sem que seja explicado o que houve com Celeste, se alguém da família a encontrou, se ela sobreviveu?!

André e Giovanna agora faziam parte da vida dela e Debora precisava saber mais sobre eles, mas teria que descobrir como faria isso.

Obcecada pela história e por respostas, Débora localiza contatos da família, através de mais objetos do baú e é quando conhece Fernando.

Juntos, eles descobrem os segredos mais profundos da família de Celeste e encontram todas as respostas que precisavam.

Duas lindas histórias de amor, só poderiam resultar em uma terceira, ainda mais impactante.

Tudo que eu sei é que esse coração já não me pertence mais. Ele é seu. Se eu realmente o tivesse ignorado, não estaria aqui com você, porque eu soube assim que a vi que você me conquistaria.

Débora e Fernando encontram um no outro, o equilíbrio para as suas dores e devem tudo à misteriosa senhora, com o sorriso gentil, que usada pelo destino, não permitiu que um legado tão bonito não fosse compartilhado ou melhor,  não se tornasse objeto de inspiração.

Já havia se decepcionado tanto com o caráter de pessoas do seu nível para descobrir que aqueles que quase não possuem nada muitas vezes são mais honestos do que aqueles que acham que possuem tudo.

Eu amo histórias que nos levam ao passado e presente, através de cartas ou bilhetes, guardando muitos mistérios. É narrado em terceita pessoa. Devorei a leitura, pois além de envolvente, a escrita da Nai é rica e gostosa. Foi impossível não desejar que alguém me enviasse um baú, cheio de segredos.

A história é curta, deixa uma curiosidade imensa de saber como os personagens continuaram a vida.

Foi meu primeiro contato com a escrita da Nai, esse ser iluminado. Sou muito grata por ela ter me escolhido como parceira e em breve trarei mais obras dela por aqui.

Acompanhem o trabalho do autora:

Amazon | Instagram | Facebook

01 Comentário

  1. Naiara Aimee06 jun, 2018Responder

deixe seu comentário