Armadilhas do amor

Bya Campista

Editora: Pandorga

Páginas: 464

Ano: 2019

Sinopse:

"Quando o amor acontece é inútil resistir." Após ser cruelmente traída por um homem ao qual grande parte da sua vida dedicou, Milena Andrade mergulhou em um profundo período de recolhimento e solidão, entregando-se de corpo e alma à carreira. O carioca Rafael Queiroz tinha uma vida tranquila e ordenada. Era apaixonado por seu trabalho, pelo vôlei de praia e pelas noitadas agitadas e pervertidas com as mais lindas mulheres. Era chegado o momento de Milena se reerguer e ser verdadeiramente feliz, ainda que sozinha. Rafael, por sua vez, continuaria em seu mundo perfeito onde tudo era devidamente organizado e controlado à sua maneira. O que eles não sabiam era que a vida tinha outros planos e muitas armadilhas. Do amor, principalmente.

Preciso começar essa resenha dizendo que eu estou simplesmente apaixonada, tanto pela história quanto pela escrita da Bya, que é impecável. Essa foi minha primeira experiência com os livros dela, mas já estou lendo os outros hehe. A editora Pandorga vai lançar esse livro em breve e fizemos uma Book Tour exclusiva, com o pdf dele.

“E há dia para ser feliz, senão todos os dias?” (Pagina 229)

O livro narra a história de Milena, uma mulher forte e decidida, que após ter sido traída por seu namorado de longa data, acaba desiludida com o amor e decide se dedicar apenas à sua carreira. Até a chegada de Rafael…

Rafael é um homem muito bem sucedido profissionalmente e que ama ser solteiro. Sai com várias mulheres e não tem a mínima pretensão de assumir um relacionamento. Até a chegada de Milena…

” Aprendi a viver sozinha e descobri que eu era a melhor pessoa do mundo. Repetia o mantra todos os dias: ninguém além de mim poderia ser responsável pela minha felicidade” (Página 30.)

De uma forma bastante cômica o destino acaba unindo os dois, não uma, mas duas vezes. Milena parece relutante em dar uma chance à Rafael, que por sua vez está completamente aos seus pés. Será que ele conseguirá amolecer o coração dela?

“Se antes eu era o dono do mundo, passei a ser totalmente dependente daquele sorriso” (Página 37)

Primeiramente eu queria deixar claro que esse livro não se trata de um romance clichê, temos várias cenas hilárias, momentos de tensão e nervosismo. É uma história completa, com dramas, reviravoltas, cumplicidade, muito romance e cenas hots bem construídas, assim como os personagens.

Os personagens  secundários me encantaram, principalmente Edu e Alessandra, que são amigos da Milena. Adorei que eles tiveram bastante espaço na história. Também preciso falar sobre a trilha sonora, que é um show à parte. Deu um toque especial ao livro.

A Bya abordou, de uma forma maravilhosa, alguns temas necessários, como a homofobia, infertilidade e a violência.

“Ali entendi que o maior problema era aceitar a si mesmo. Entendi que o maior preconceito que ele sofria vinha de dentro e eu não poderia imaginar sofrimento pior”. (Página 309)

Enfim, poderia passar o dia todo falando sobre esse livro e o quanto ele é maravilhoso. Quero agradecer à Marina e à editora Pandorga por essa oportunidade. Adorei a leitura, foi uma experiência incrível. É um livro que eu super recomendo e a Bya já está trabalhando na continuação, o Armadilhas da paixão, que não vejo a hora de poder ler!!

“_ Meu filho, nós não contamos o tempo, apenas o vivemos” (Página 27)

5 Comentários

  1. Marina Mafra20 dez, 2019Responder
      • Stefânia Alves21 dez, 2019Responder
  2. Thayane20 dez, 2019Responder
    • Stefânia Alves20 dez, 2019Responder

deixe seu comentário