Bambi

Felix Salten

Editora: Wish

Páginas: 240

Ano: 2019

Sinopse:

A vida de Bambi na floresta começa feliz tranquila com seus amigos e os primos de Bambi, o frágil Gobo e a bela Faline. Mas o inverno chega, e Bambi descobre que a floresta está em perigo. A primeira nevasca torna a comida difícil de encontrar. O pai de Bambi, um belo cervo, desaparece na mata, deixando Bambi e sua mãe sozinhos. E então há o homem, que vem para a floresta com suas armas de fogo. Em uma narrativa emocionante e encantadora, Bambi precisará enfrentar uma jornada cheia de dificuldades para se tornar o Príncipe da Floresta.

Bambi é um livro genuíno, simples, intenso e mágico.

É o conto original da pequena corsa, desde o seu nascimento até a sua vida adulta. No decorrer do livro acompanhamos a evolução dele até a sua vida adulta, a sua mudança de pensamentos e percepções do mundo.

“Às vezes, não continuava com as perguntas, e também era legal, porque se punha a imaginar do seu jeito aquilo o que não entendia. Às vezes, ele sentia muito claramente que a mãe não lhe oferecia uma resposta completa, não lhe dizia tudo o que sabia de propósito. E isso era muito legal. Pois assim uma curiosidade muito especial permanecia dentro dele, uma ideia que lampejava nele de forma misteriosa e estimulante, uma espera na qual ele ficava ansioso e entusiasmado, tanto que se calava.”

Bambi e sua mãe têm uma relação de amor emocionante, com o sumiço de seu pai, o belo cervo, eles se veem com uma grande dificuldade em meio à floresta, ao mesmo tempo que o pai some, o homem chega, e com ele as armas de fogo e a destruição.

O livro nos traz a imersão na história, fazendo com que elementos secundários e fantasiosos questionem sua existência e suas ações, e apesar de parecer infantil, o autor levanta uma grandiosa crítica social nas entrelinhas, demonstrando como o ser humano interfere no ciclo de vida da natureza.

O livro no geral é muito bom, amei como ele me levou de uma leveza sublime à refletir sobre como a natureza é ferida constantemente por aqueles que deveriam cuidar dela, e apesar da escrita prolixa, ele nos faz terminar a leitura é prazerosa.

Recomendo o livro, além de uma boa leitura, é rápida, suave e emocionante, e o livro físico é fabricado de material sustentável, e sua edição é magnífica.

01 Comentário

  1. Marina Mafra10 jun, 2020Responder

deixe seu comentário