De volta para mim

Fernanda Santana

Páginas: 280

Ano: 2018

Sinopse:

Cristina Xavier é arquiteta e está trabalhando duro na reforma de seu escritório e embora tenha um bom desenvolvimento profissional, não pode dizer o mesmo do seu casamento. Seu marido, André Xavier é o típico workaholic e dono do maior escritório de advocacia da cidade, dando prioridade sempre para o trabalho e deixando de lado algo muito mais importante: seu casamento. O tão esperado dia da inauguração do escritório de Cristina chega e tudo parece um sonho exceto pelo detalhe de que a pessoa que mais importava não esteve presente. Em meio à discussão mais séria do relacionamento dos dois, Cristina deseja o pior ao seu marido. E esse pior, infelizmente acontece. Um romance intenso, cercado de drama, te levará a refletir sobre as suas escolhas, sobre perdão e recomeços. Um coração profundamente machucado será capaz de dar uma nova chance?

Após alguns longos minutos pensando em como eu começaria a falar sobre esse livro, senti um estalo na mente me dizendo: “deixe o seu coração falar”. Sabem por que preciso deixar as palavras escorrerem do meu coração para vocês? Pois esse livro tocou profundamente a minha vida, a história que De volta para mim, trás, entrou no meu coração e permanecerá sempre por lá.

“O planeta parece parar de girar pelo tempo que estamos juntos e isso parece a coisa certa a ser feita. Ficarmos juntos parece muito certo para mim.” (p. 108)

Tenho o privilegio de chamar a autora de amiga, no lançamento do livro inclusive, a fotografa perguntou se éramos parentes, pois nos parecemos demais. Talvez seja obra do destino ter conhecido a Fernanda, só sei que esse foi um dos belíssimos presentes que a vida me deu.

“Ela esteve ao meu lado durante todo esse tempo e nunca se queixou. Ela podia muito bem ter ido embora, era o que qualquer um faria no lugar dela depois de tudo o que eu fiz, mas não, ela continuou ao meu lado, fazendo tudo por mim, e eu nem mesmo sei se mereço. Espero conseguir demonstrar para ela o quanto ela é incrível.” (p. 124)

De volta para mim me ganhou antes mesmo de ser anunciado ao publico, lembro em nosso primeiro encontro, quando a Fê falou sobre o livro e a premissa dele me conquistou imensamente. Comecei a ler pelo wattpad, o que era uma tortura, pois eu queria mais e mais da história, queria saber o que aconteceria na vida de Cristina e André e se eles conseguiriam recuperar seu casamento.

“Eu queria sentir ódio dele agora, mas não consigo. Não consigo odiar ele; eu o amo demais! Só não sei se meu coração consegue juntar os cacos de novo. Não sei se ainda vou conseguir ser feliz com ele.” (p. 136)

Eu posso parecer suspeita em dizer, mas quem me acompanha por aqui sabe o quanto sou sincera com minhas opiniões acerca das minhas leituras. E eu amei tanto De volta para mim, esse livro mexeu profundamente com os meus sentimentos, me fez questionar até onde vai a capacidade humana de perdoar e seguir em frente, quais são os verdadeiros limites de um amor verdadeiro, e que a família sempre será o nosso porto seguro.

“Se eu quero ter a minha esposa de volta, vou ter que fazer por merecer. Vou ter que provar para ela que sou digno da sua confiança e do seu amor. Sei que vou apanhar muito até conseguir, mas não vou desistir.” (p. 143)

Chorei? Chorei pra caramba haha a escrita da Fê é tão comovente que eu me senti dentro da história vivendo todas as situações que a Cris o André viviam, e creio que isso colaborou ainda mais para a minha experiência com essa leitura. Me emocionei ao longo dessas paginas e nunca deixei de me perguntar o que eu faria se estivesse no lugar da Cris. Será que seria forte como ela? Será que não desistiria de tudo e iria sumir no mundo?

“Antes do acidente eu focava demais no trabalho e em outras coisas acima do meu casamento. E ter consciência disso é muito doloroso para mim. Então me transformei no André de depois do acidente, aquele que tenta provar a todo custo que é capaz de mudar.” (p. 185)

Essa mulher guerreira, determinada e com um coração maravilhoso me ensinou muito nessa história. André foi outro que me conquistou, e me trouxe esperança sobre ainda ser possível a mudança dos seres humanos. Amei tanto esse livro que preciso dizer: LEIAM.

“Dói ver o amor da minha vida sofrer assim. Dói saber que infelizmente não há nada a ser feito; saber que ainda não há uma forma de tirar a dor do peito dela e a transferir para o meu. Se existisse, eu o faria. Por ela, eu faria tudo.” (p. 205)

E Fê, tenho certeza que seu avô está orgulhoso de você e da pessoa incrível que tu é. Não consigo mensurar o quanto essa homenagem a ele me tocou e me fez amá-la ainda mais por esse teu coração gigante.

“Ela não sabe o poder que tem sobre mim. Ela não sabe que só de respirar já me tira do eixo. Ela não sabe que a minha vontade é colocar essa maldita perna no chão agora e correr em direção a ela, pegando-a nos braços.” (p. 242)

De volta para mim é aquela história necessária que te faz pensar e repensar todos os seus conceitos sobre a vida, as pessoas e o amor.

 

01 Comentário

  1. Marina Mafra26 maio, 2020Responder

deixe seu comentário