Um amor para recordar

Nicholas Sparks

Editora: Arqueiro

Páginas: 144

Ano: 2011

Sinopse:

Jamie, filha do pastor da cidade, estava longe de ser uma típica adolescente. Sempre carregava uma bíblia consigo e era o tipo de garota que tirava as ervas daninhas do gramado de alguém sem que lhe pedissem, ou para o trânsito para ajudar crianças pequenas a atravessar a rua. Landon, é filho de uma família tradicional, tentava aproveitar ao máximo a liberdade que a pequena cidade de Beaufort, na Carolina do Norte, proporcionava-lhe, antes de entrar na universidade. Eram distantes as afinidades que poderiam aproximá-los, mas, após o baile de formatura, o amor aconteceu e as diferenças de Jamie e Landon acabaram por uni-los na descoberta da alegria, da dor da perda e, sobretudo, da força transformadora do verdadeiro amor. Não foi por acaso que ambos viveram a história mais cedo movente de todos os tempos vendo suas vidas mudarem completamente.

Posso dizer que essa foi a história que me fez criar amor pelos livros, não por ser um livro com muitas páginas, ou só por ser uma história de amor (na adolescência isso fazia muita diferença, acredite), mas sim pelo fato de eu ter me apaixonado primeiramente pelo filme.

Todos sabem que o livro é sempre mais completo do que os filmes criados após eles, mas esse, nossa! Esse livro é diferente, ele realmente é maravilhoso, essa história é incrível e considerando tudo, acredito sim que o final é perfeito.

Landon Carter é o típico adolescente de 17 anos que não pode “desapontar” os amigos, isso inclui não andar com a menina que carrega uma bíblia, filha de um pastor e que usa uma roupa totalmente fora de moda.

Porém, ele se vê obrigado a interagir com essa garota quando precisa de alguma acompanhante para o baile da escola, isso faz com que um milagre comece a acontecer, e não, até então Landon não era muito religioso e muito menos acreditava em milagres.

É incrível como Nicholas Sparks nos faz mergulhar nessa história, nos permitindo sentir e entender tudo que acontece, mesmo não percebendo muitas vezes. E nos faz sentir uma grande vontade de fazer o bem, não importa o que aconteça, faça o bem.

Eu tento imaginar como seria se esse livro fosse escrito hoje em dia, onde tem solução para quase tudo na vida, talvez o final pudesse ser diferente, talvez Landon e Jamie teriam mais tempo, mas como isso não tem como acontecer, vamos aos aprendizados que um amor para recordar nos traz.

Precisamos nos colocar no lugar do outro, mesmo que o outro seja diferente de nós, todos merecem perdão, mesmo aquela pessoa que passou a vida debochando, rindo de nós, ou até mesmo o amor da nossa vida que não nos conta sobre a coisa mais importante que pode existir. E sim, milagres existem, podem não ser o que pedimos, mas eles existem.

Na minha opinião as palavras mais marcantes do livro são que tudo está nos planos de Deus, e eu não sabia o quanto precisava ler isso até o momento em que li.

Se posso dar um conselho a todos vocês é que leiam esse livro, aprendam com ele e perdoem quem precisa perdoar.

3 Comentários

  1. odete Teresinha Pellegrino da Cruz15 jan, 2023Responder
  2. Marina Mafra16 jan, 2023Responder
    • Thiandra Pasini16 jan, 2023Responder

deixe seu comentário