Vermelho, branco e sangue azul

Casey Mcquiston

Editora: Seguinte

Páginas: 392

Ano: 2021

Sinopse:

O que pode acontecer quando o filho da presidenta dos Estados Unidos se apaixona pelo príncipe da Inglaterra? Quando sua mãe foi eleita presidenta dos Estados Unidos, Alex Claremont-Diaz se tornou o novo queridinho da mídia norte-americana. Bonito, carismático e com personalidade forte, Alex tem tudo para seguir os passos de seus pais e conquistar uma carreira na política, como tanto deseja. Mas quando sua família é convidada para o casamento real do príncipe britânico Philip, Alex tem que encarar o seu primeiro desafio diplomático: lidar com Henry, irmão mais novo de Philip, o príncipe mais adorado do mundo, com quem ele é constantemente comparado ― e que ele não suporta. O encontro entre os dois sai pior do que o esperado, e no dia seguinte todos os jornais do mundo estampam fotos de Alex e Henry caídos em cima do bolo real, insinuando uma briga séria entre os dois. Para evitar um desastre diplomático, eles passam um fim de semana fingindo ser melhores amigos e não demora para que essa relação evolua para algo que nenhum dos dois poderia imaginar ― e que não tem nenhuma chance de dar certo. Ou tem?

Vermelho, branco e sangue azul conta a história de Alex que torna internacionalmente conhecido após sua mãe se tornar presidenta dos EUA. Uma rivalidade com o príncipe da Inglaterra se mostra presente no casamento real onde um bolo de 75 mil dólares é destruído pelos dois, e agora para convencer a mídia mundial de que tudo não passou de um mal entendido eles passam um fim de semana programado na Grã-Bretanha onde compartilham experiências e memórias juntos, para perceberem que não são tão diferentes um do outro.

O livro é simplismente perfeito, do começo ao fim, a criatividade da autora é sem igual, a forma como os pequenos detalhes se conectam é sem igual e a forma como você se apaixona pelos personagens é sem igual. Começa com a rivalidade entre os dois e termina de maneira completamente diferente. Amei a representatividade e a forma como a autora fez o livro ser serio nas partes necessárias e engraçado quando era para descontrair, super recomendo

deixe seu comentário